Quilo do pão francês registra aumento na Capital e variação de preço chega a R$ 7,40


O quilo do pão francês em João Pessoa registrou aumento no preço, segundo pesquisa comparativa realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP). O menor valor atualmente é praticado a R$ 6,50 ( no mês de maio era R$ 6,00) e o maior a R$ 13,90 (em maio era R$ 12,90). A diferença entre o mais barato e o mais caro está em R$ 7,40.
 
O levantamento deste início de julho foi realizado em 31 estabelecimentos de 20 bairros da Capital entre os dias 3 e 5. O secretário do Procon-JP, Ricardo Holanda, avalia que as pesquisas comparativas realizadas pelo Procon-JP dão a dimensão dos aumentos que vêm sendo praticados em produtos como pão francês e combustíveis, ainda que de forma tão sutil que o consumidor não percebe.
 
“Além de indicar onde comprar mais barato, a pesquisa tem o objetivo de também monitorar os preços e verificar se existe algum tipo de abusividade. Além do fator economia, já que, no caso do pão francês, a diferença entre o maior e o menor preço é bastante significativa, é importante o consumidor acompanhar nossas pesquisas para ver se há algum aumento na padaria onde costuma adquirir o produto”, afirmou.
 
Maior e menor - Os maiores preços do quilo do pão francês levantados pela atual pesquisa do Procon-JP foram encontrados nas padarias Bonfim (Tambaú), R$ 13,90, e na Panificadora El Shaday (Cabo Branco), a R$ 11,95. O menor foi registrado na Panificadora e Lanchonete Cardoso, no Geisel, a R$ 6,50, e na padaria Pão da Vida, em Mangabeira, a R$ 6,75.
 
A equipe de pesquisa visitou os seguintes estabelecimentos: Eldorado e Almeidão (Cristo); São Judas Tadeu e Souza Rangel (Rangel); Pontes e Vasconcelos (Cruz das Armas); Dois Irmãos e Jaguaribe (Jaguaribe); Bonfim e Fluminense (Centro); Mirasol (Mandacaru); Flor das Neves (Roger); Bariloche e Ipanema (Torre); Fino Pão e Pandelly (Expedicionários); Pão Doce Pão (Bairro dos Estados); Tambauzinho (Tambauzinho); Pão da Vida e Shammah (Mangabeira); Castelo Branco (Castelo Branco); Doce Pão (Valentina); Bancários (Bancários); N. S. da Penha (Costa e Silva); Cardoso e N. S. da Penha (Geisel); El Shaday (Cabo Branco); Catolé (Bessa); Manaíra (Manaíra); Casa dos Pães e Bonfim (Tambaú).

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.