Polícia prende em flagrante vereador suspeito de vender equipamentos pertencentes ao Estado pela internet

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho de equipe especializada na Repressão de Crimes contra o Patrimônio na região de Patos, prendeu o vereador de São Mamede, Francisco das Chagas Medeiros, 37 anos. Ele e o técnico em informática Arlan Ravelle de Araújo Guerra, 25 anos, foram autuados em flagrante por realizar venda de equipamentos pertencentes à Secretaria de Estado da Educação em sites de compra e venda pela internet.
De acordo com o delegado Demétrius Patrício, as diligências foram iniciadas na quinta-feira (6), após denúncia recebida na unidade policial, afirmando que um repetidor de sinal de internet, que pertence à 6ª Gerência Regional de Educação de Patos, estava sendo ofertado pelo valor de R$ 500 em um site da internet. “Nas fotos do equipamento disponível para venda estava o número de tombamento da Secretaria da Educação. Os agentes de investigação conseguiram entrar em contato com o anunciante e posteriormente marcaram um encontro no Centro da cidade para que fosse fechada a transação de compra e venda. E aí chegamos ao Arlan, autuado por receptação”, explicou o delegado.
No decorrer das diligências, a Polícia Civil chegou à pessoa responsável pelo desvio e apropriação dos equipamentos do Estado, o vereador Francisco das Chagas. Em posse dele, foram encontrados outros equipamentos pertencentes ao poder público, que estavam em um imóvel na zona rural de São Mamede. Francisco das Chagas foi autuado em flagrante por crime contra a administração pública.
“O vereador irá responder por peculato/furto, que é o delito cometido por agente público, em proveito próprio ou alheio, valendo-se de facilidade que lhe proporciona o cargo. Arlan foi liberado mediante fiança e Chaguinhas de Medeiros foi recolhido para o Presídio Romero Nóbrega, em Patos, onde permanece à disposição do Poder Judiciário”, afirmou o delegado da 15ª Seccional, George Wellington.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.