Polícia cumpre mandados de prisões em desfavor de suspeitos pela prática de homicídios em Campina Grande

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho investigativo da 1ª Delegacia Distrital de Campina Grande, prendeu, na tarde desta quarta-feira (12), o pedreiro Fábio da Paz, 32 anos, suspeito pela prática de latrocínio e crimes hediondos. A prisão se deu por meio de mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal de Campina Grande. Ele é apontado como principal autor de um assalto seguido de morte contra uma pessoa, fato ocorrido no dia 7 de setembro de 2006, em Campina Grande. A prisão foi coordenada pela delegada Rúbia Christianni.
O preso encontra-se recolhido no setor de carceragem da Central de Polícia, no bairro do Catolé, para ser apresentado na audiência de custódia.
Ainda em Campina Grande, policiais civis da 1ª Delegacia Distrital, por meio de mandado de prisão preventiva expedido pela Vara de Execução Penal daquela cidade, prenderam Adriano da Silva Oliveira, 32 anos, profissão camelô, decorrente de condenação pela prática de homicídio, tentativa de homicídio e porte de arma a uma pena de 13 anos e dois meses de reclusão.
Adriano Silva foi levado para o setor de carceragem da Central de Polícia, devendo aguardar decisão judicial.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.