PBGás poderá ser privatizada; edital do BNDES inclui interesse de outros seis Estados

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) publicou as primeiras licitações para contratação de consultorias para a desestatização das companhias de distribuição de gás natural de Mato Grosso do Sul (MSGás) e de Pernambuco (Copergás). Os editais fazem parte do apoio do banco ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal. Comente no fim da matéria.. A Paraíba é um dos Estados que manifestou interesse em privatizar a PBGás.

As licitações envolvem serviços de avaliação econômico-financeira, estudos técnicos relativos ao modelo regulatório do setor e modelagem do processo de desestatização, que envolvem mais de R$ 30 milhões. As licitações ocorrerão nos dias 10 e 11 de agosto. 

Até esta terça (25), sete Estados manifestaram ao BNDES interesse em privatizar empresas de distribuição de gás natural: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba, onde atua a estatal PBGás.

Na maior parte dos estados, o serviço de distribuição de gás natural canalizado ainda é realizado por estatais. 

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.