Luciano Cartaxo planeja desenvolvimento de João Pessoa até 2037

Em uma nova parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou nesta quarta-feira (5) a realização de um minucioso planejamento para identificar estratégias e estabelecer intervenções que estimulem a competitividade e o desenvolvimento econômico da Capital ao longo dos próximos 20 anos. O anúncio foi feito durante audiência com representantes do BID, da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep), da Caixa Econômica Federal, da Associação Comercial e da Baobá Práticas Sustentáveis, consultoria especializada na organização de cidades sustentáveis e inteligentes, além de técnicos e secretários municipais.

Durante a reunião, foram discutidos os detalhes do Plano Estratégico de Melhoria da Competitividade e Desenvolvimento Econômico Local. Este trabalho é fruto também do Programa João Pessoa Cidade Sustentável, que já vem sendo implantado na cidade em associação com o BID e a Caixa, por meio da concretização de um conjunto de 60 ações estruturantes e estratégicas definidas nos últimos anos – e que ganha novo impulso nos próximos meses, quando deve ser liberado um financiamento de US$ 100 milhões, o equivalente a mais de R$ 350 milhões cuja contratação está em sua etapa final no Banco Interamericano.

O plano estratégico de competitividade prevê a realização de uma análise integral da realidade da cidade, inclusive com a realização de ampla pesquisa de opinião pública, e definição de um plano de ações específicas para os setores produtivos prioritários. “Uma cidade cada vez mais humana, que ofereça oportunidades de transformação na vida das pessoas, só se consolida se nos dedicarmos ao planejamento de longo prazo. É o que estamos fazendo, preparando a nossa Capital para o futuro, para as próximas gerações, definindo um caminho claro de investimentos em ações que transformem verdadeiramente a vida das pessoas”, ressaltou Luciano Cartaxo.

Os estudos desse novo plano estratégico podem ser financiados pelo banco internacional e estão orçados em cerca de R$ 300 mil. Participaram da reunião com o prefeito Luciano Cartaxo, o secretário municipal da Receita, Adenilson Ferreira, o presidente da Baobá Práticas Sustentáveis, Fernando Penedo, o presidente da Fiep, Francisco Buega Gadelha, o presidente da Associação Comercial, Rafael Bernardino, além de representantes do Sebrae, UFPB e de Cláudio Piemonti, da Sucesu.

Secom JP
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.