“Homem Aranha: De Volta ao Lar” tem pré-estreia nesta quinta

Ele está de volta. De novo. No sexto filme, abrindo a terceira versão da franquia, o Homem-Aranha agora é mais do que nunca retratado no cinema em sua adolescência. Homem-Aranha – De Volta ao Lar tem pré-estreia à meia-noite em JP e a partir desta quinta-feira (5) entra também em cartaz nos cinemas de Campina, Patos, Guarabira e Remígio. Nessa versão, quem assume o papel do aracnídeo mais famoso do cinema é Tom Holland, que tem a missão de criar uma nova persona, diferente das encarnadas por Tobey Maguire e Andrew Garfield. E, de acordo com a maioria das críticas preliminares, ele parece ter conseguido.

Na trama, Peter Parker é um jovem de 15 anos. A trama se passa pouco tempo depois dos acontecimentos de Capitão América – Guerra Civil, no qual o Homem-Aranha entrou no meio de uma luta entre os Vingadores. Ou seja, o filme já se diferencia ao pular o "filme de origem" e parte logo para a ação. Como quase todo adolescente, Peter é impetuoso e ansioso. Ele fica encantado com o time dos Vingadores e quer muito participar efetivamente do supergrupo. Quem faz essa promessa e o coloca em uma "lista de espera" é o bilionário Tony Stark, o Homem de Ferro (Robert Downey Jr., mais uma vez). Mas Tony prefere colocar Peter para realizar pequenas tarefas em sua própria vizinhança, como resgatar animais indefesos e ajudar idosos, tudo para evitar que ele se envolve em alguma confusão. Como não é difícil de prever, não dá certo.

Tentando viver uma vida colegial comum, Parker conta com a parceria de seu melhor amigo, Ned Leeds (Jacob Batalon) e nutre uma paixão bem clara por Liz Allan (Laura Harrier), mas sua vontade de ser reconhecido como um herói o faz "passar dos limites". Resultado? Ele se mete em um caso de contrabando de armas "alienígenas", criadas com base na tecnologia dos chitauri, a grande ameaça do primeiro Vingadores, trama que abre espaço para o vilão da história, Abutre (Michael Keaton). Essa nova versão surge co mo o primeiro grande trabalho com o Homem-Aranha após um acordo firmado entre a Disney-Marvel e a Sony Pictures, que detém os direitos do herói para a adaptação cinematográfica desde a trilogia com Tobey Maguire. Apesar disso, a Sony ainda tem planos de fazer spin-offs imersos no universo da história, como um filme dedicado a um dos vilões mais famosos da franquia, Venom, para o ano que vem. No quinquagésimo quinto aniversário do quadrinho e o décimo quinto do primeiro filme da franquia original, Homem-Aranha – De Volta ao Lar parece dar novo fôlego para as histórias do aracnídeo.

Correio da Paraiba
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.