Estrangeiros suspeitos de estelionato e ligações com terroristas são soltos, em JP

O brasileiro e os cinco estrangeiros do Oriente Médio suspeitos de estelionato e de terem ligações com grupos de extremistas foram soltos nesta segunda-feira por decisão da 6ª Vara Criminal. Eles, no entanto, vão precisar usar tornozeleira eletrônica e se apresentar uma vez por semana à Justiça. 

Além dessas obrigações, os suspeitos precisam obedecer outras medidas cautelares. Os seis homens terão que, cada um, alugar um imóvel em João Pessoa e nenhum pode ter qualquer um tipo de contato com o outro. Eles ainda tiveram seus passaportes apreendidos.

Os iraquianos Feras Haussn e Hussein Ali Hussein, o saudita Saleh Alderaibi, o libanês Bahaaeddine Nasser e o brasileiro Sandro Adriano foram presos em maio deste ano, suspeitos de integrarem uma organização criminosa especializada na falsificação de documentos públicos no Brasil. 

Segundo as investigações o esquema contava com auxílio de funcionários públicos e de diversos cartórios. O grupo negociaria documentos brasileiros (certidões de nascimento, identidades, passaportes e outros documentos) que seriam posteriormente revendidos a estrangeiros de diversos países, dentre eles Arábia Saudita, Iraque, Síria, Líbano e Paquistão, que não preenchem os requisitos para estadia legal no Brasil. Eles também são suspeitos de integrarem grupos extremistas do Oriente Médio.

Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.