Estado inaugura obras de R$ 4 milhões e garante fim de racionamento em 13 cidades

O governador Ricardo Coutinho inaugura, nesta quarta-feira (26), a adutora de Coxixola e a obra que leva as águas da transposição do Rio São Francisco para 13 cidades do Cariri. As obras, orçadas em R$ 4 milhões, vão, de acordo com a gestão estadual, pôr fim ao racionamento nas cidades do Congo, Coxixola, Sumé, Monteiro, Prata, Ouro Velho, Amparo, Serra Branca, São José dos Cordeiros, São João do Cariri, Parari, Gurjão, Livramento e o distrito de Santa Luzia do Cariri. As solenidades de entrega serão realizadas a partir das 10h, na Ponte Rio Paraíba, na PB-214, e depois no Ginásio Poliesportivo Marcos Antônio de Souza, no Centro de Coxixola, a 247 km de João Pessoa. 

Para o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia João Azevedo, “esse é um momento extremamente importante. São mais de 130 mil pessoas que passarão a receber água do São Francisco”. 

De acordo com o presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Hélio Cunha Lima, o sistema do Congo estava desativado há anos, por causa da crise hídrica. “Construímos um sistema de captação subterrânea que vai interceptar as águas da transposição do Rio São Francisco que passam pelo Rio Paraíba e integrá-las à adutora do Congo que leva água para várias cidades do Cariri paraibano. Com esta medida, a adutora não vai mais depender exclusivamente do açude Cordeiro para poder levar água à população”, explicou.

A terceira etapa da adutora do Congo é composta de quatro ramais, cujas obras estão sendo executadas pela Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia: o da cidade de Santo André, dos distritos de Pio X, o de Sucuru e o da cidade de Coxixola, que é o primeiro a ser inaugurado.

O secretário executivo de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga, explica que esse trecho vai beneficiar cerca de 2 mil habitantes e possui uma extensão de 25,8 km. O governo do Estado investiu mais de R$ 2,7 milhões para construir essa etapa. “Esse trecho liga a adutora do Congo a Coxixola, abrindo o calendário de inaugurações do conjunto de ações em toda a região do Cariri. Inclusive, a cidade de Monteiro também será beneficiada. O município vai receber o investimento de uma nova estação de bombeamento do açude São José e do açude Poções, melhorando o abastecimento”, pontuou.

Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.