Centro Especializado de Reabilitação atende 200 pacientes por mês em Conde


O Centro Especializado de Reabilitação (CER) de Conde, no Loteamento Nossa Senhora das Neves, está atendendo pacientes de todo o município, oferecendo consultas com especialistas que atendem pessoas que sofrem com dores crônicas, a exemplo de artrite, hérnia de disco e fibromialgia, como também no atendimento de recuperação pós-operatório de cirurgia ortopédica, na reabilitação de pacientes pós AVE (Acidente
Vascular Encefálico), atendimento pediátrico às crianças com hidro e microcefalia e agora atendendo também pacientes com problemas auditivos.

            De acordo com o Coordenador do CER, Dr. Wagner Fagundes Lima, para ter acesso aos tratamentos oferecidos no centro, o paciente precisa ser encaminhando por uma Unidade Básica de Saúde (UBS). “Nossa porta de entrada são as UBS, onde é feito o primeiro atendimento, a triagem e os pacientes são encaminhados até o Centro. Aqui é feito o agendamento para a consulta tanto física como audiológica. Além das UBS, também é feito o atendimento dos pacientes que são encaminhados diretamente pela Secretaria de Saúde do Município”, ressaltou.

            Os tratamentos oferecidos pelo centro são fisioterapia pediátrica, respiratória (adulto e infantil), neurológica, traumato ortopédica, desportiva e psicoterapia. A equipe é composta por 27 profissionais, entre médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos
e auxiliares administrativos.

            O senhor João Batista, morador do Village em Jacumã, falou sobre seu processo de recuperação graças ao Centro Especializado de Reabilitação. “Fui diagnosticado com hérnia de disco, sentia muitas dores, então fui encaminhado para o centro e cheguei aqui quase sem andar. Desde o mês de fevereiro, duas vezes na semana, eu venho para o
centro fazer o meu tratamento e já não tomo mais os medicamentos anti-inflamatórios com frequência, consigo fazer minhas caminhadas”,
comemorou.

            Atualmente o CER de Conde atende cerca de 200 pacientes por mês na área de reabilitação física e na parte audiológica que está em sua fase inicial, estão sendo atendidos mais de 100 pacientes ao mês na área de fonoterapia. “Nosso objetivo é oferecer qualidade de vida através da saúde para essas pessoas”, declarou o Dr. Wagner Fagundes.


Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.