Centro de Referência para Pessoa com Deficiência lança projeto para ajudar famílias de filhos autistas

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio do Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoa com Deficiência (CRMIPD), lançou na manhã desta segunda-feira (24), o projeto ‘Família Azul’. O lançamento aconteceu no próprio Centro de Referência, no bairro Pedro Gondim, e contou com a participação de pais e responsáveis de filhos com autismo.

“Família Azul é um projeto que nasceu a partir da necessidade de incentivar e apoiar essas crianças com autismo do Centro de Referência através de um processo formativo. É um processo da construção do conhecimento, de trocas de experiências, esclarecimentos de dúvidas, o melhoramento da auto estima”, explicou Rose Mary Beserra, coordenadora de Educação do CRMIPD.

Nesse primeiro encontro foi feita uma roda de diálogo onde os participantes puderam expor quais os temas que gostariam que fossem abordados nos círculos de diálogo que acontecerão mensalmente a partir do mês de agosto. Esse mesmo encontro acontecerá na próxima quarta-feira (26), a partir das 14h, com as famílias que não puderam participar deste primeiro momento.

Foram sugeridos temas que falem sobre alimentação, sexualidade, comportamento, entre outros. Tudo isso será exposto por profissionais específicos para cada área.

Kele Cristina Dantas de Lucena é mãe de Cauã Dantas de Lucena, de 5 anos, que é um autista não verbal. Ele já está sendo atendido pelo CRMIPD há dois anos. Para ela, o ‘Família Azul’ é uma porta aberta para ajudar as famílias. “Está sendo uma esperança para confortar nossos corações e nos auxiliar na parte do conhecimento para que possamos ajudar nossas crianças. Quando o Centro lança esse incentivo é um grande alívio e conforta a gente em todos os sentidos”, disse Kele.

O CRMIPD tem atualmente 448 crianças cadastradas e assistidas por um quadro profissional formado por fonoaudiólogos, terapeutas educacionais, educadores físicos, atendimento educacional especializado, fisioterapeutas, psicopedagogos na brinquedoteca, arteterapia e música.

“Eu estou feliz. Foi muito gratificante. Está acontecendo exatamente o que pensamos que iria acontecer mensalmente. Nós seremos apenas o tronco para toda essa ramificação das ideias e facilitar a vida deles”, agradeceu Rose Mary.

Centro de Inclusão – O Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoa com Deficiência (CRMIPD) é uma ação integrada entre três secretarias municipais: Desenvolvimento Social (Sedes), Saúde (SMS) e Educação (Sedec).

Os usuários com idades entre zero e 18 anos, que são encaminhados pela rede SUS, recebem acompanhamento de psicólogos, fonoaudiólogos e terapeutas. Os familiares destes também recebem apoio de psicólogos e assistentes sociais. Ao todo, são 448 famílias acompanhadas pelo Centro e, em média, 1,7 mil atendimentos por mês.

Para mais informações sobre o CRMIPD, os interessados devem ligar para o telefone 3218-9807.


Secom JP
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.