Cagepa e Aesa divergem sobre data para fim do racionamento em CG e mais 18 cidades

O açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão, pode sair do volume morto até o dia 1º de agosto quando o manancial chegar aos 33,8 milhões de metros cúbicos (m³), segundo previsão divulgada nesta quinta-feira (6) pelo gerente regional da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) em Campina Grande, Ronaldo Menezes. Ele disse que a estatal não pode falar ainda em uma data para o fim do racionamento, o que vai de encontro ao divulgado pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), que prevê o dia 19 como prazo final para o esquema diferenciado de abastecimento. Comente no fim da matéria. 

Conforme dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), atualmente, Boqueirão registra 29,3 milhões de m³, ou 7,1% do total de 411,6 milhões de m³ que pode armazenar.

De acordo com Ronaldo Menezes, o açude vem registrando a chegada de 3 metros cúbicos por segundo de água (m³/s), provenientes da transposição. Porém, do total de água que chega 0,85 m³/s são destinados ao abastecimento e outros 0,25 m³/s são perdidos com evaporação.

“A expectativa é de que os 33,8 milhões de m³ sejam alcançados em até 26 dias, quando o açude sairá do volume morto e terá novamente capacidade técnica de abastecimento por gravidade. Porém, essa previsão só será alcançada se continuarmos com o recebimento atual médio de 3 m³/s”, contou o gerente regional da Cagepa em Campina Grande.

De acordo com Ronaldo Menezes, a Cagepa ainda não pode falar em data definitiva para o término do racionamento em Campina Grande e nas outras 18 cidades abastecidas por Boqueirão. Porém, até a saída do açude do volume morto, o racionamento deve ser diminuído.

“Se o volume de chegada de água continuar nas condições atuais até o fim deste mês conseguiremos atingir o nível para deixar o volume morto. Essa saída do volume morto já nos deixa com condições técnicas de por fim ao racionamento, mas, até lá, iremos avaliar diariamente a situação de Boqueirão e divulgar prováveis alterações (diminuição) no racionamento”, concluiu Ronaldo Menezes.

Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.