Luciano Cartaxo promove empreendedorismo com liberação de R$ 2,059 milhões em microcrédito

Com o objetivo de fortalecer os pequenos negócios, ativando a economia da Capital e estimulando a geração de emprego e renda, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou na manhã desta quinta-feira (8), no auditório do Paço Municipal, mais R$ 2,059 milhões em cheques do Banco Cidadão, financiando a implantação ou fortalecimento das atividades produtivas de 391 pequenos empreendedores. Somente neste ano, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) já investiu R$ 4.188.800,00 em microcrédito, beneficiando 826 microempreendedores locais.

Com a liberação de crédito desta quarta-feira (8), a Prefeitura ultrapassa a marca de R$ 37,8 milhões investidos em microcrédito desde 2013, superando em cerca de R$ 10 milhões todo o acumulado no período de 2005 a 2012. Nesses quatro anos recentes, foram quase 9 mil pessoas diretamente beneficiadas – mais precisamente 8.911, nas mais diversas áreas, desde lanchonetes a pequenos comércios e salões de beleza. Além do crédito produtivo, todos os beneficiários também tiveram acesso a cursos de capacitação e empreendedorismo do Banco Cidadão, que é subordinado à Secretaria Municipal de Trabalho, Produção e Renda.

Segundo o prefeito, é preciso garantir os investimentos porque os pequenos negócios têm grande capacidade de geração de emprego no município. “Vamos seguir firmes apostando na capacidade de trabalho e na força empreendedora do nosso povo. É por meio dela que vamos conseguir superar esse período de crise na economia do País e garantir a redução do desemprego. Com essa aposta, João Pessoa vem se destacando no cenário regional”, ressaltou Cartaxo.

Até o final do ano, de acordo com a secretária de Trabalho, Produção e Renda, Olenka Maranhão, serão cerca de 2 mil empreendedores incentivados pelo Banco Cidadão. “Temos procurado estimular a economia do município indo até as comunidades, por meio da nossa unidade móvel, orientando as pessoas sobre o empreendedorismo, com capacitações em áreas especificas e que ajudem nos novos negócios, como noções de marketing e controle de estoque”, acrescentou.

Maria das Dores Dantas, dona de um ateliê de costura, em Mangabeira II, foi uma das beneficiadas. Segundo ela, os recursos auxiliarão para que ela possa fazer novos investimentos em seu pequeno negócio. O que poderá lhe garantir a autonomia financeira. Além de trabalhar em seu ateliê durante o dia, ela também trabalha como cuidadora de idosos durante as noites. “Consegui este empréstimo para investir na compra de máquinas, materiais e tecidos”, afirmou.

Secom JP

Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.