Luciano Cartaxo conhece SmartSantander e destaca semelhanças com o Centro de Comando de JP

Durante sua viagem à Espanha, onde participa do II Fórum Ibero-Americano de Prefeitos, que acontece na cidade de Santander, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, participou de uma visita ao Centro de Monitoramento SmartSantander, que tornou a cidade uma referência mundial em experiências de tecnologia e urbanismo. Dentro do programa João Pessoa Cidade Sustentável, idealizado pela Prefeitura Municipal de Joao Pessoa (PMJP) com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Caixa Econômica Federal (CEF), a Capital paraibana também deverá ganhar um centro de monitoramento que irá modernizar a gestão municipal e inovar na solução de problemas do cotidiano da cidade.

Quando começou a ser idealizado, em 2010, a cidade de Santander, no Norte da Espanha, tornou-se um verdadeiro laboratório urbano, no qual empresas, empresários e pesquisadores puderam testar o desenvolvimento de produtos e serviços. Através do recebimento de dados provenientes de milhares de sensores de diversos tipos instalados pela cidade, o Centro de Monitoramento SmartSantander permite a coordenação de forma mais eficiente das ações na área de mobilidade, segurança cidadã, prevenção a desastres naturais, ordenamento urbano, entre outros.

Conectados a computadores, os sensores são capazes de medir e transmitir variáveis relacionadas ao tráfego de veículos, ao ambiente e à luz. Graças aos apps, a população e os órgãos de serviços obtêm as informações necessárias para que se desloquem e realizem suas atividades com eficiência. Por exemplo: os motoristas conseguem saber como está a intensidade do tráfego e onde há vagas disponíveis para estacionar e, com isso, tomam decisões que facilitam a sua vida e impedem a formação de congestionamentos em determinadas áreas.

“O projeto SmartSantander é um exemplo de sucesso do que também estamos planejando para João Pessoa através do Centro de Cooperação da Cidade (CCC). Através dele, transformaremos João Pessoa em uma ‘cidade inteligente’ e também vamos monitorar toda a Capital através de câmeras, como o trânsito, a segurança, todos os espaços públicos”, destacou o prefeito.

De acordo com o Plano de Ação João Pessoa Sustentável, o Centro de Cooperação da Cidade (CCC) de João Pessoa tem por objetivo aprimorar a capacidade da prefeitura na prestação de serviços à comunidade, ao se servir de tecnologias da informação e comunicação para monitorar ocorrências em temas do cotidiano de uma cidade. Isso permitirá uma melhor coordenação dessas áreas em um Centro Integrado de Operação e Controle.

Objetivos do CCC de João Pessoa:
- Redução no tempo de resposta a incidentes;
- Redução nos tempos de deslocamento na cidade;
- Simplificação da comunicação com o cidadão;
- Melhoria da segurança pública;
- Melhorias na capacidade de resposta a desastres naturais.

Encontro – Luciano Cartaxo participa, desde segunda-feira (12), do Fórum, junto a prefeitos de outros 13 países da América Latina e Caribe. O Fórum reúne prefeitos, ex-prefeitos e especialistas em sustentabilidade urbana de diversos países latino-americanos e da Espanha, além do presidente do BID, o colombiano Luiz Alberto Moreno, e do ministro espanhol de Obras Públicas e Transportes, Iñigo de La Serna. Luciano foi convidado para participar em função de João Pessoa ser uma das cinco capitais do Brasil que está implantando o Programa Cidades Sustentáveis do BID.

Secom JP
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.