FCJA realiza programação para comemorar aniversário de cineclube

A exibição do curta “Diálogo de Wladimir com Zé Américo e o cinema”, seguida de uma mesa redonda sobre cinema e cineclubismo na Paraíba, marcaram o segundo dia de homenagens ao aniversário de dois anos do Cineclube O Homem de Areia, da Fundação Casa de José Américo, nesta quinta-feira (8). Entre os participantes da Mesa Redonda, conduzida pelo presidente da Fundação Casa de José Américo, Damião Cavalcanti, nomes como Wladimir Carvalho, Zezita Matos, Wills Leal e Mirabeau Dias.

Na ocasião, o presidente da FCJA destacou a importância das comemorações pelos dois anos do Cineclube O homem de Areia. “É um momento que, além de festivo, é histórico e cultural. Nesses 24 meses, de forma ininterrupta, a Fundação Casa de José Américo brindou a população paraibana com o melhor do cinema nacional e internacional”, afirmou.
As comemorações pelos dois anos de O homem de Areia tiveram início nessa quarta-feira (7), com a exibição do filme A juventude, do cineasta e roteirista italiano Paolo Sorrentino. Logo em seguida, o cineclube promoveu um debate sobre a obra entre o cineasta Wladimir Carvalho e o psicanalista Luís Andrade.


Para o cineasta paraibano Wladimir Carvalho, considerado um dos mais importantes documentaristas brasileiros, o Cineclube O homem de Areia, nome de um dos documentários de Wladimir sobre José Américo de Almeida, fortalece a cultura cinematográfica no Estado. “Ao criar O homem de Areia, a Fundação Casa de José Américo está promovendo um bem precioso à cultura na Paraíba, porque é algo feito com dinamismo, sensibilidade, merecendo apoio irrestrito da sociedade”, ressaltou.
O homem de Areia – O projeto do Cineclube O homem de Areia, da Fundação Casa de José Américo, iniciou as atividades no dia 10 de junho de 2015. Ao longo desses dois anos de exibições ininterruptas, brindou os pessoenses com clássicos da cinematografia mundial, a exemplo de “Cantando na chuva” e “Tempos modernos”.

O presidente da FCJA, Damião Cavalcanti, que também integra a Academia Paraibana de Cinema, destaca que a seleção rigorosa na escolha dos filmes é um dos motivos do sucesso do Cineclube O homem de Areia. “São todos filmes de excelência, escolhidos por um conselho formado por nove cinéfilos”, explicou.
As exibições ocorrem sempre na primeira quarta-feira de cada mês, às 19h30 com entrada gratuita.

Secom PB

Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.