Câmara de JP discute violência contra idosos em sessão especial

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) realizou uma sessão especial, na tarde desta quinta-feira (8), para comemorar o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado em 15 de junho. O evento foi proposto e presidido pela vereadora Helena Holanda e secretariado por Damásio Franca, ambos do PP.

A parlamentar adiantou que uma Indicação de sua autoria ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD) solicitou para a Capital a criação do Centro Dia Municipal para os Idosos de João Pessoa. “A proposta visa a atender essa população com diversas atividades, sem que haja o desligamento dos idosos de suas famílias. Seria como uma creche em que, ao final do dia, os usuários retornariam para suas casas”, explicou Helena, antecipando que o projeto aguarda sanção do Executivo.

Na ocasião, Helena alertou a respeito do combate à violência física e psicológica, aos abusos financeiros, às situações de negligência e abandono pelas quais muitos idosos são abrigados a passar. Ela colocou seu mandato a favor de todos da melhor idade.

“Precisamos pensar de forma coletiva essas questões. Pessoas ocupam lugares de idosos nos ônibus, passam à frente em filas preferenciais nos bancos, entre outras violências. No Brasil, a cada 10 minutos, um idoso é agredido. Em cerca de 70% dos casos, o agressor é alguém da família. Pensar nos idosos é também refletir sobre o hoje e amanhã de nossa sociedade, que, a cada previsão estatística, envelhece mais”, destacou a vereadora.

Em 2016, a Delegacia do Idoso na Capital registrou mais de três mil atendimentos. “90% dos problemas da população idosa são causados por entes da própria família e o que mais vemos na delegacia é a exploração financeira dessa parcela da população, que muitas vezes, tem seus filhos e netos administrando suas finanças”, afirmou a delegada Segundo a delegada do Idoso Vera Lúcia Salgado.

Para ela, a sociedade precisa atentar para a educação familiar. “Se você trata bem seus pais, e dá esse exemplo a seus filhos e netos, estaremos inserindo na sociedade cidadãos mais conscientes no trato com os idosos”, esclareceu Vera Lúcia.

Durante as intervenções, pediu-se que o Governo Municipal ajude as instituições de longa permanência da cidade. Também foi abordada a necessidade de uma revisão e adequação do Estatuto do Idoso, que é de 2003; que haja mais atenção à melhor idade em filas e atendimento bancários; além do respeito a esse segmento nos ônibus, na mobilidade urbana e no atendimento à saúde.

Também participaram da sessão representantes de diversas entidades, conselhos, grupos e associações que realizam trabalhos com idosos. Para denunciar maus tratos, pedir orientação, aconselhamento e encaminhamentos com relação ao trato com o idoso, basta contactar o Centro Municipal do Idoso (CMI) pelo telefone (83) 3218-9816; o Disk Denúncia (181); ou ainda acionar a Prefeitura de João Pessoa pelo 0800 282 7969.

Haryson Alves
Secom PB
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.