TJ-PB determina suspensão de greve da Educação em Santa Rita

A Justiça determinou a suspensão imediata da greve dos servidores da Educação de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. A decisão foi divulgada na manhã desta quinta-feira (6) e estabelece prazo de 24 horas para o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais do Município de Santa Rita (Sinfesa) encerrar a greve, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. A suspensão atende a ação do Ministério Público da Paraíba, que pediu que a greve fosse declarada ilegal. Os servidores estão paralisados desde o dia 15 de agosto.
Em sua decisão, o desembargador Frederico Coutinho considera que “a greve foi deflagrada sem esclarecer sequer quais eram exatamente as reivindicações da categoria”. “Não foram observados os procedimentos necessários no que diz respeito à essencialidade dos serviços de educação. Quando enviados ofícios ao sindicato solicitando documentação, este apresentou documentos insatisfatórios, o que demonstraria a abusividade do movimento”, diz no documento.
O G1 entrou em contato com a sede do Sinfesa, mas as ligações não foram atendidas até as 11h.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.