Polícia Civil apreende carga irregular de calçados em Campina Grande

Uma carga com centenas de calçados sem nota fiscal foi apreendida pela Polícia Civil, na manhã deste sábado (15), em Campina Grande, no Agreste paraibano. Os produtos estavam sendo transportados junto a uma carga de vergalhões e seriam distribuídos em cidades do Nordeste. Duas pessoas foram detidas e levadas para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil.

Segundo o delegado Cristiano Santana, a apreensão aconteceu depois de uma denúncia anônima informando que a carreta estava no bairro Nova Brasília, na zona leste da cidade.
“A denúncia era de que a carreta estava parada e outros carros de passeio estavam chegando para pegar caixas com calçados. Quando chegamos lá, a denúncia foi confirmada. Eram centenas de tênis esportivos e sandálias femininas, sem nenhum tipo de nota fiscal ou documento”, disse ele. A carga havia saído de Nova Serrana, em Minas Gerais.

O delegado explicou que o caminhão também estava carregado com materiais de construção, com notas fiscais, e que esta foi uma estratégia adotada para realizar o frete ilegal disfarçado. “Acontece que o caminhão tinha um frete legal de vergalhões todos com notas fiscais. Mas o responsável pela carga também colocou os calçados  no mesmo frete para tentar despistar”, explicou o delegado.

Conforme a Polícia Civil, algumas das caixas de calçados já estavam com marcações tento como destino cidades da Paraíba, do Rio Grande do Norte e interior de Pernambuco. Ainda de acordo com o delegado Cristiano Santana, a carga foi apreendida e encaminhada para a Central de Polícia Civil, no bairro do Catolé. O Fisco Estadual da Paraíba também foi informado sobre a irregularidade da carga, para tomar providências em relação as pendências tributárias.

Os dois homens, sendo o motorista da carreta e outro homem que estava no local, foram levados para a Delegacia de Roubos e Furtos para prestar depoimentos. Até 15h deste sábado, os dois homens seguiam prestando depoimento. Ainda na tarde deste sábado a carga vai ser encaminhada para o depósito do Fisco Estadual. O número total de calçados ainda não foi contado.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.