Novinho admite chance de reeleição à presidência do Belo

Às vésperas de um jogo histórico diante do Boa Esporte-MG, valendo o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, o Botafogo-PB se prepara também para um outro compromisso no fim de semana. Neste domingo (9) se inicia o processo eleitoral dentro do clube. Com o ambiente quente em relação aos feitos dentro de campo, em virtude da chance real de uma ascensão no futebol nacional, os bastidores da eleição, por outro lado, seguem mornos. Até agora poucas definições estão postas no que se refere ao pleito que começa com os sócios do clube elegendo os conselheiros que comporão o conselho deliberativo (CD). Acesse o Voz da Torcida.

Atual presidente do Belo, Guilherme Novinho é um dos nomes mais importantes do processo. O dirigente admitiu a possibilidade de se candidatar novamente, mas falou que a preferência dele é que outro nome, aprovado pela maioria do CD, possa assumir a presidência. Se depender de Novinho, o nome é Breno Morais, atual vice e homem forte do departamento de futebol do clube.

“Nós temos vários dirigentes que podem assumir o Botafogo-PB para o próximo biênio. Eu sinceramente queria que um outro nome se candidatasse e assumisse o clube. Domingo vamos subir para a Série B e eu acho que Breno merece demais assumir a presidência pela primeira vez em um momento especial como esse. Mas eu também sei das condições pessoais dele e da dificuldade que seria para ele ficar à frente do Belo. O nosso foco atualmente é esse acesso e para falar a verdade nós nem conversamos muito sobre essas eleições. Mas é possível que eu permaneça como presidente, sobretudo se houver uma candidatura que ameace esse nosso projeto. Mas eu creio que não terá, porque atualmente o clube vive uma unidade muito forte”, analisou Novinho.

O atual mandatário assumiu o clube ao final do ano de 2014 e esteve à frente do Belo na temporada de 2015, quando o time pessoense não conseguiu realizar um bom trabalho em campo, sendo vice-estadual, fazendo uma pífia campanha na Copa do Nordeste e terminando a Série C apenas na sétima colocação. Em 2016, no entanto, a performance foi melhor. O Belo ficou com o vice-campeonato paraibano, fez um razoável Nordestão e chegou pela primeira vez nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na Série C, o time se classificou para o mata-mata e precisa de um empate com gols para subir para a segunda divisão nacional.

No Botafogo-PB, segundo o estatuto do clube, o processo eleitoral tem dois momentos. Sempre no segundo domingo de outubro os sócios elegem o conselho deliberativo. Para o pleito deste fim de semana apenas uma chapa – de 50 conselheiros, o máximo permitido – foi inscrita.

A chapa é formada pelo mesmo grupo que comanda atualmente o clube, capitaneado por Guilherme Novinho e Breno Morais. Com a partida diante do Boa Esporte-MG sendo no domingo, a expectativa é que o pleito não tenha um quórum alto de votantes por parte dos sócios-torcedores. A tendência, de qualquer forma, é que a eleição seja por aclamação, já que apenas uma chapa foi inscrita para o CD.

Após a primeira parte do pleito, o CD eleito se reúne pela primeira vez, no quarto domingo de outubro, desta vez para eleger o presidente, vice-presidente e conselho fiscal do clube. As chapas para o pleito da diretoria executiva podem ser inscritas até 72h antes do início da eleição.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.