Fórum discute relação entre nutrição e câncer de mama durante o Outubro Rosa em Cabedelo

“Tive câncer de mama, mas, graças a Deus, já estou curada. É difícil quando a gente descobre. É muito difícil a dor. A gente acha que acabou tudo, que não tem mais como trabalhar. Um mês depois que eu estava sendo acompanhada, comecei a entender que era só uma doença que tem remédio e tem jeito. Quando descobri, através do autoexame, fui correndo ao postinho que ficava perto de minha casa e, naquele dia mesmo, a médica que me atendeu descobriu que era um nódulo que precisava dos exames e tudo, a partir daí, foi só exames, tratamento e querer viver”.

O depoimento acima é da cabeleireira Gilvândia Lucia Soares, e emocionou a todos os presentes no Cabedelo Clube nesta terça-feira (19), por ocasião do III Fórum Outubro Rosa, realizado pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM). Sob o tema “Nutrição e prevenção juntas contra o câncer de mama”, o evento fez parte da programação do mês destinado a promover a conscientização para a prevenção da doença em toda a Cabedelo.

O público formado por autoridades, funcionários, estudantes e população teve a oportunidade de debater a questão central do Fórum a partir da palestra proferida pela professora do Departamento de Nutrição da UFPB, Pâmela Rodrigues Martins Lins. O evento também contou com a presença de mulheres que venceram o câncer de mama, a exemplo de Gilvânia. Ela e outras doze “sobreviventes” desfilaram peças confeccionadas pelas artesãs do projeto Ondinas Cabedelo, e expuseram sua luta e vitória contra a doença.

 “A realização do III Fórum é bastante importante para o município, porque é o momento de chamamento, de alerta para a problemática do câncer de mama. A partir do momento em que se alerta a população para a prática do autoexame, por exemplo, estamos investindo na prevenção, sobretudo quando temos em mente o diagnóstico precoce, que aumenta consideravelmente as chances de cura”, comentou a secretária da Mulher, Mônica Pimentel.

A temática do Fórum constituiu-se em uma novidade. Diferente das edições anteriores, em que a palestra central ficava a cargo de uma mastologista, o foco deste ano foi para a nutrição e a importância da alimentação saudável para a prevenção do câncer. Para a professora Pâmela Rodrigues, a realização do Fórum, além da felicidade de discutir uma temática bastante contemporânea, demonstra uma preocupação com a saúde de base no município.

“A nutrição na prevenção do câncer é uma temática bem discutida hoje em dia, diante da importância da alimentação saudável na prevenção de diversas doenças. E o câncer de mama, em especial, é um câncer bem estigmatizante na população feminina. Prevenir essa doença é bem importante para melhorar a autoestima da mulher, para manter uma saúde completa e plena. Em todos esses aspectos, a nutrição participa tanto na prevenção como também na melhora do tratamento e no resultado do pós-tratamento quimioterápico, radioterápico ou cirúrgico. A alimentação é a coisa mais básica que temos, então um Fórum municipal que levanta esse questionamento, realçando essa importância para a população como um todo, visa realmente a promoção da saúde. Acho extremamente importante que outros eventos como esse sejam realizados em outros grupos populacionais”, destacou.

Outubro Rosa – O Outubro Rosa é uma promoção da Secretaria de Saúde de Cabedelo, e constitui uma campanha integrada para a conscientização da população para os riscos do câncer de mama e da importância da prevenção através do autoexame, realização de mamografia e o cultivo de hábitos alimentares saudáveis. Durante todo o mês, os serviços de saúde são mobilizados, com ações e palestras relativas à prevenção do câncer de mama.

A atenção à saúde das mulheres em Cabedelo envolve toda a rede de atenção básica e especializada. Nos 20 Postos de Saúde da Família (PSF’s) da rede são ofertados apoio nutricional, atividades físicas, atendimento de prevenção do câncer de colo do útero, coleta de exame citopatológico, exame clínico das mamas, palestras de prevenção e conscientização, planejamento familiar, pré-natal, consulta puerperal, atendimento com ginecologista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf).

A Policlínica conta com o mamógrafo e profissionais especializados (Ginecologista e Mastologista) para atender a demanda, pré-natal de alto risco, exame de ultrassonografia e colposcopia. No Anexo, a população tem acesso a consulta de mastologia, ginecologia e pré-natal de alto risco.

Já no Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMMPAB), que passou por reforma em 2015, é feito o apoio às mães, teste do pezinho e da orelhinha para os recém-nascidos, atendimento de urgência em ginecologia, obstetrícia, parto, cirurgia de laqueadura e planejamento familiar.

Fonte:Ascom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.