TRE-PB nega tropas federais mesmo após candidato escapar de atentado

O Tribunal Regional Eleitoral negou, nesta quinta-feira (29), o pedido de presença de tropas federais no município de Mari, na Zona da Mata paraibana, a 60 km de João Pessoa. A negação ocorreu menos de um após após o prefeito local, Marcos Martins (PSB), sofrer um atentado e escapar de ser degolado durante um evento político.

O pedido de tropas federais havia sido solicitado pela juíza da 4ª Zona Eleitoral na cidade de Sapé.

Na decisão, a Corte entendeu que a seguranças das eleições em Mari pode ser realizada pelas polícias Militar, Civil e Federal.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.