Porteiro é preso na PB por falsificar documentos e retirar auxílio no INSS

Um porteiro de 30 anos foi preso em flagrante suspeito de se passar por outra pessoa para fazer a retirada de um benefício do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), em Campina Grande. A prisão foi realizada pela Polícia Federal, no momento em que o suspeito estava tentando fazer a retirada do dinheiro na agência do bairro Dinamérica.

De acordo com a Polícia Federal, o porteiro relatou que achou documentos - como carteira de trabalho e carteira identidade - de um morador de um condomínio onde trabalhava e os falsificou colocando a própria foto.
Ele disse que conseguiu o número do CPF da vítima pela internet e ainda falsificou um atestado médico.
Segundo a Polícia Federal, com os documentos falsos, o suspeito deu entrada no INSS para conseguir um auxilio-doença no valor de R$ 3,5 mil. O porteiro chegou a receber a primeira parcela do beneficio no mês passado e já iria retirar outra parcela.
Conforme o delegado da Polícia Federal, Carlos Felipe, ainda em depoimento a polícia, o porteiro, que não tem antecedentes criminais, disse que estava passando por dificuldades financeiras e, como já tinha conseguido de forma legal o benefício, já sabia os passos a seguir. O suspeito vai passar por uma audiência de custódia e deve responder pelo crime de estelionato em liberdade.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.