Poeta 'Zé Laurentino' é enterrado em Campina Grande

Foi enterrado por volta das 11h desta sexta-feira (16) o poeta paraibano José Laurentino, mais conhecido como 'Zé Laurentino'. Ele morreu aos 73 anos em uma clínica particular de Campina Grande, no Agreste paraibano, na quinta-feira (15). O escritor enfrentava um câncer no fígado e no pulmão há cinco meses.

O corpo do poeta foi velado em uma central de velórios no bairro do Novo Cruzeiro e logo em seguida enterrado no Cemitério São Judas Tadeu, no Cruzeiro. Ainda de acordo com a família, desde a semana passada, Zé Laurentino foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois que foi constatada uma inflamação no pulmão e confirmado que o fígado e rins dele pararam de funcionar.
'Zé Laurentino' era natural de Puxinanã, mas morava  há décadas em Campina Grande. Ele foi autor de vários livros, entre os quais “Sertão, humor e Poesia” (1990) e “Poemas, prosas e glosas” (1988), entre outros. Membro da Academia de Letras de Campina Grande, 'Zé Laurentino' também fez várias parcerias ao longo de sua carreira. Com Tião Lima gravou dois CDs e com o poeta Edvaldo Perico escreveu “Dois poetas, dois Cantares”.  No começo dos anos 2000, representou o Brasil em um congresso sobre latinidade em Santiago de Compostela, na Espanha.
O câncer no fígado não foi seu primeiro grave problema de saúde. O poeta chegou a passar três anos cego e havia recuperado a visão em dezembro do ano passado, quando fez uma cirurgia.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.