Jovem com deficiência é encontrado morto em cisterna e mãe é suspeita

Um jovem de 21 anos, que tinha síndrome de down e paralisia cerebral, foi encontrado morto na manhã deste domingo (4) dentro da cisterna do sítio em que morava, na zona rural de Massaranduba, no Agreste da Paraíba. Segundo informações repassadas pela polícia e por uma equipe do Samu, uma agricultora, mãe da vítima, seria a suspeita de ter jogado o jovem dentro cisterna. De acordo com testemunhas, após soltar o filho, a agricultora tentou se matar, mas foi resgatada pela filha mais nova, de 16 anos.

Conforme relato da irmã da vítima e filha da suspeita, a adolescente acordou e não encontrou o irmão, que dormia em uma cama ao lado. Ao procurar pela mãe e pelo irmão, a adolescente encontrou o par de sandália da mãe próximo a cisterna e quando olhou para dentro do reservatório, achou o irmão e a mãe na água. O jovem foi retirado morto, mas a agricultora ainda estava viva e foi socorrida pelo Samu.
Ela foi encaminhada para um hospital, passou por procedimentos médicos e foi liberada ainda na manhã deste domingo. Sob custódia, a agricultora foi levada para delegacia de homicídios de Campina Grande, onde estava sendo ouvida até as 10h30 deste domingo sobre o caso. De acordo com parentes da agricultora, ela apresentava sinais de depressão desde que o marido morreu em fevereiro deste ano.
A irmã do jovem morto também deve prestar depoimento ainda neste domingo. A delegada Maíra Roberta, de homicídios, abriu um inquérito para investigar o caso. O corpo do jovem morto passou por uma perícia do Instituto de Polícia Científica e foi encaminhado para o Núcleo Executivo de Medicina e Odontologia Legal (Numol), em Campina Grande.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.