Candidato a vice-prefeito na PB tem registro indeferido por ser analfabeto

O candidato a vice-prefeito na Coligação Forte é o Povo em São José do Sabugi, no Sertão paraibano, Gilvan Morais (PSD), teve o registro de candidatura indeferido por ser analfabeto. A sentença foi divulgada no domingo (4) pela Justiça Eleitoral. A decisão ainda cabe recurso.
O G1 entrou em contato com a advogada do candidato, Nathalie da Nóbrega Medeiros, para saber se a defesa vai recorrer da decisão, mas as ligações não foram atendidas até as 10h05 desta segunda-feira (5).

Gilvan Morais compõe chapa com a candidata Karine Kely Cabral Alves (PSD). De acordo com o juiz que assinou a sentença, responsável pela 26ª Zona eleitoral, Rossini Amorim Bastos, o candidato a vice-prefeito fez testes de escrita e leitura e o resultado foi considerado insatisfatório.
Ainda na decisão, o magistrado relata que Gilvan Morais escreveu uma declaração e se disse 'alfabesado'. Ele ainda passou por um teste de leitura no qual, segundo o juiz, trocou as palavras 'homem' por 'governo' e 'sofrido' por 'surpreendido'. Numa tentativa de releitura, os mesmos erros ocorreram.
O juiz Rossini Amorim então decidiu pelo indeferimento da candidatura de Gilvan Morais. Karine Kely Cabral Alves está em condições legais, conforme a Justiça, mas a chapa está impugnada até a possível substituição do candidato a vice-prefeito ou até julgamento do recurso.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.