Cadastro biométrico de estudantes em João Pessoa tem fila e novo prazo

O prazo para os estudantes de João Pessoa que utilizam o Passe Legal fazerem seu cadastro biométrico foi estendido pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano da capital (Sintur-JP). O limite para o cadastro terminaria na sexta-feira (30), mas foi ampliado para o dia 11 de outubro. Até a quarta-feira (28), 86% dos 92 mil usuários esperados já tinham feito o cadastro, segundo o Sintur. 
Na sede do Sintur, na avenida 13 de Maio, Centro, as filas nesta quinta-feira (29) estão se estendendo pela rua e dobrando a esquina. Depois de encerrado o prazo, os estudantes vão poder continuar fazendo o cadastro, mas só vão poder usar o Passe Legal se já tiverem sido cadastrados.
Segundo o Sintur, o cadastramento é necessário para que a passagem dos estudantes seja validada, uma vez que o órgão instalou equipamentos nos ônibus de transporte urbano da cidade que registram as impressões digitais dos estudantes. Atualmente, basta o estudante apresentar o Passe Legal, passar o cartão na máquina e depois apresentar a carteira de estudante ao cobrador. 

Quando encerrar o cadastramento e o sistema for liberado, quando o estudante passar o cartão na máquina, uma luz branca vai acender na biometria indicando que o estudante precisa fazer a leitura biométrica. Após a leitura, o estudante apresenta novamente o passe legal e está liberado para cruzar a catraca.
João Pessoa tem 200 mil usuários cadastrados no serviço, que dá acesso ao pagamento de meia passagem para estudantes, mas apenas esses 92 mil são considerados ativos, ou seja, recarregam o cartão com frequência. “A maior parte dos usuários cadastrados não são ativos, ou seja, pararam de usar o transporte público por algum motivo e ainda não atualizaram o cadastro”, explicou o diretor do Sintur, Mário Tourinho.
O diretor explica que o órgão orienta os estudantes a aproveitarem o momento de recarregar o cartão para fazer o cadastramento. “Como estes usuários ativos recarregam o Passe Legal com frequência, já podem tirar algum tempo para fazer o cadastramento em uma destas ocasiões. É um processo rápido e que vai garantir a segurança dos estudantes e evitar fraudes no sistema”, diz.
De acordo com a Sintur, o cadastramento pode ser feito em seis pontos espalhados pela capital paraibana. A recomendação do órgão é para que os estudantes procurem os pontos mais próximos de suas instituições de ensino ou trabalho, que costumam ter menos pessoas, para evitar a formação de filas que eram registradas na sede do órgão, no Centro, no início do cadastramento biométrico.
Confira a lista dos postos e o horário de atendimento:
Sede do Sintur, Centro - De segunda a sexta, das 7h30 às 17h, e nos sábados, das 8h às 12h
Mercado Público de Mangabeira - De segunda a sexta, das 8h às 17h
Manaíra Shopping - De segunda a sexta, das 10h às 22h, e nos sábados, das 10h às 18h
Shopping Sul, Bancários - De segunda a sexta, das 10h às 19h, e nos sábados, das 10h às 18h
Centro de Vivência da UFPB - De segunda a sexta, das 8h às 17h.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.