Árbitros de futebol de 5 representarão a Paraíba nas Paralimpíadas

Quando se está diante de qualquer evento esportivo, sempre se faz questão de potencializar os nomes dos atletas que brigarão pelos títulos. No caso das Paralimpíadas, que começam nesta quarta-feira (7), além dos sete paraibanos que vão representar o Estado, outros dois também prometem brilhar, só que no apito.

De acordo com o Correio Online, os árbitros Tiago Ramos e Kleber Camelo, já conhecidos no cenário do futebol e do futsal paraibano, vão integrar o quadro da arbitragem do futebol de 5. Eles fazem parte da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV) e embarcam para o Rio de Janeiro nesta quarta-feira, quando acontecerá a solenidade de abertura.

Tiago Ramos nasceu em Campina Grande e iniciou no futebol de 5 em 2013, durante a Regional Nordeste do Campeonato Brasileiro, realizado na Paraíba. Segundo ele, depois de ver como o esporte é desenvolvido dentro da quadra, sentiu interesse em fazer um curso para conhecer as regras e assim, começar a ser árbitro de mais uma modalidade na sua carreira.

“Quando a gente já tem um contato com outros esportes facilita bastante. Já venho do futebol e do futsal, esse que se parece mais com o futebol de 5 e não tive tanta dificuldade para me adaptar. O paradesporto é muito importante, afinal ele promove além de tudo, a inclusão social. Terei orgulho de ser árbitro da modalidade onde temos o maior número de paraibanos”, contou.

Kleber é árbitro da CBDV desde 2011 e foi promovido ao quadro da IBSA (sigla em inglês da Federação Internacional dos Desportos para Cegos), em 2012. O paraibano também esteve nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, em 2015 e já este ano, o seu grande destaque foi durante o Regional Sul do Campeonato Brasileiro de Futebol de 5, onde foi o árbitro da partida final.

Mesmo experiente, ele garante que ansiedade é uma das palavras que traduz este momento. “Ansiedade, expectativa e realidade nesse momento se misturam. Desde que fui convocado para o Rio 2016 mudei a minha rotina de vida, valorizando os estudos, preparação física e principalmente psicológica, tanto que me afastei das atividades da Federação Paraibana de Futebol para me dedicar apenas ao futsal, já que faço parte da Confederação Brasileira e ao futebol de 5.

Representatividade

A Paraíba tem confirmado nos últimos anos que é, sem dúvida, o maior celeiro do futebol de 5 do Brasil. Além da força nas competições de clubes, com a Associação Paraibana de Cegos (Apace) e a Associação Paraibana de Deficientes Visuais (Apadevi), o Estado se destaca pela forte representatividade na seleção brasileira.

Luan Lacerda, Damião Robson, Marcos José Alves e Severino Gabriel (Bill) ainda vestem a camisa verde-amarela, com exceção deste último, que foi cortado do elenco que vai para as Paralimpíadas, por causa de uma lesão.

O comando da seleção é de Fábio Luiz Vasconcelos, ex-goleiro e atual técnico do futebol de 5 brasileiro. Natural de Campina Grande, ele é um dos responsáveis pelo desenvolvimento da modalidade na Paraíba, inclusive promovendo a renovação desse esporte, criando a seleção brasileira de base, onde os paraibanos também possuem forte atuação.

Fonte:Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.