Racionamento deixa hidrantes de Campina Grande sem água

Por conta do novo modelo de racionamento de água que está sendo adotado em Campina Grande desde o dia 18 de julho deste ano, alguns hidrantes de água da cidade estão ficando sem água durante certos dias da semana. O problema está ocorrendo devido à divisão de zonas entre os bairros. Apesar da falta de água, o Corpo de Bombeiros garante ter suporte para combater grandes incêndios.

De acordo com o 2º Batalhão de Bombeiros Militar (2ºBBM), em Campina Grande, a cidade possui 62 hidrantes espalhados nos bairros, sendo a maioria no Centro.
Por conta do novo racionamento, os hidrantes que estão localizados nos bairros da zona II ficam sem água de 13h do sábado até a meia-noite da quinta-feira. Já os que estão nos bairros da zona I ficam desabastecidos da meia-noite da quinta feira até as 5h da segunda-feira. Apenas um hidrante da cidade possui abastecimento ininterrupto.
Segundo a tenente do Corpo de Bombeiros, Priscila Paiva, se ocorrer um incêndio em uma área da cidade e os hidrantes estejam desabastecidos por causa do racionamento, o combate às chamas pode ser feito por três viaturas com capacidades para 3 mil e 5 mil litros de água. Além disso, a corporação conta com um carro-pipa com capacidade para 12 mil litros de água. “Nossos carros sempre ficam sempre prontos, com os tanques cheios”, disse a tenente.
A tenente ainda explica que, em caso de incêndio, a viatura que secar pode ser reabastecida em um hidrante que esteja na zona que recebe água. “Ainda temos um hidrante que recebe água ininterruptamente, principalmente aos domingos”, explicou ela.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.