Operação contra furto de energia espera encontrar 1.500 fraudes na Paraíba

Trinta equipes do Departamento de Medição e Combate a Perdas (DMCP) da Energisa realizam, a partir desta segunda-feira (15), em Campina Grande, operação contra furto de energia. Por cerca de um mês, serão realizadas vistorias em unidades com alto consumo de energia. Os trabalhos contam com apoio da Polícia Civil e técnicos do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Segundo dados do Centro de Inteligência de Combate a Perdas (CICOP) da concessionária, a perda de energia na cidade de Campina Grande gira em torno de 3,1 milhões kWh, o que representa 0,5% da energia distribuída no município. A expectativa é encontrar 1,5 mil fraudes que causam prejuízo ao estado de cerca de R$ 380 mil referentes ao não recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS).

Além do prejuízo financeiro, o furto de energia representa risco de morte, tanto para os que interferem no sistema elétrico à revelia da distribuidora, quanto para os moradores vizinhos das unidades onde é feito o furto. Os responsáveis pelos imóveis estão sujeitos à cobrança dos valores desviados e podem respondem a processo por crime contra o patrimônio, com pena prevista de até oito anos de prisão.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.