Nove candidatos a prefeito na Paraíba somam R$ 10,3 milhões em bens

Os candidatos a prefeito de João Pessoa e Campina Grande declararam, juntos, R$ 10.317.675,72 em bens em 2016, conforme mostram as listas divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em João Pessoa, os bens dos quatro candidatos somam R$ 2.625.294,11. Os seis candidatos de Campina Grande, por sua vez, declararam R$ 7.692.381,61 em bens.
O candidato que declarou o maior patrimônio em João Pessoa foi o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), com R$ 1.131.560,69 em bens. Entre os bens que constam na lista, estão imóveis no Bairro dos Estados, em João Pessoa, um carro Honda CRV, terrenos em um condomínio horizontal e obras de arte.
Em seguida, aparece Cida Ramos (PSB), com um patrimônio de R$ 758.733,42. Segundo a declaração dela, entre os bens estão um apartamento no Cabo Branco, em João Pessoa, e aplicações no banco.

O professor Charliton Machado (PT), por sua vez, declarou R$ 735 mil em bens. O patrimônio dele compreende um apartamento, cuja localização não foi informada, e um veículo Mitsubishi Triton L200.
A declaração de bens do candidato Victor Hugo (PSOL) não consta no sistema de consulta do TSE.

Campina Grande
Em Campina Grande, o empresário Artur Bolinha (PPS) foi quem declarou o maior patrimônio, com R$ 4.467.320,23. Entre os bens, estão participações societárias em empresas, terrenos, prédios comerciais, veículos e apartamentos - sendo o mais caro no Cabo Branco, em João Pessoa.
O candidato com o segundo maior patrimônio é Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), com R$ 954.038,48. Ele declarou um apartamento em Areia Dourada, em Cabedelo, um veículo Toyota SW4 e aplicações em bancos.
Walter Brito Neto (PEN) declarou R$ 950 mil em bens. O patrimônio dele abrange uma casa, um carro Mitsubishi Pajero Full, três ônibus de viagem e turismo e 150 cabeças de gado.
O prefeito Romero Rodrigues (PSDB) tem um patrimônio de R$ 856.056,71, segundo o TSE. Ele declarou apartamentos em Campina Grande, sendo que o mais caro está localizado no bairro do Mirante, um carro sem modelo especificado e outros imóveis.
O candidato David Lobão (PSOL), por sua vez, declarou uma casa, no valor de R$ 300 mil.
O deputado estadual Adriano Galdino (PSB) foi o que declarou um menor patrimônio em Campina Grande, com R$ 164.966,19 em bens. Ele tem um apartamento em Ponta de Campina, em Cabedelo, e um carro Fiat Palio.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.