MP-Procon orienta suspensão da venda de 49 remédios na Paraíba

Foi divulgado na manhã desta terça-feira (30) pelo Procon do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon) a lista com 49 medicamentos que apresentaram irregularidades em testes feitos pela Agência Nacional de Vigilância Santária (Anvisa) de janeiro até agosto deste ano. De acordo com o órgão, as farmácias devem retirar estes medicamentos das prateleiras a partir desta terça.
Confira aqui a lista de medicamentos.
Segundo o presidente do Conselho Regional de Medicina na Paraíba (CRM-PB), João Medeiros Filho, as irregularidades encontradas variam de acordo com o medicamento. “Os prejuízos são inúmeros, desde a ineficácia do medicamento e também adulteração, que seria mais grave ainda, podendo trazer consequências, inclusive o óbito. Aqueles pacientes que se sentirem prejudicados nós vamos apurar e vamos denunciar ao Ministério Público”, disse.

O diretor-geral do MP-Procon, Glauberto Bezerra, explica que o órgão vai fiscalizar as farmácias e as que estiverem com medicamentos irregulares à venda podem ser punidas. “A partir de agora vamos fazer as fiscalizações e, encontrando, infelizmente haverá a prisão de quem detiver estes medicamentos e dispuser à venda. De outro lado, todas as empresas que colocarem no mercado estão sofrendo investigação. Nós estamos instaurando inquéritos civis para apurar as responsabilidades civil, penal e administrativa”, comenta.
Segundo o Ministério Públlico, os consumidores que tiverem comprado algum dos medicamentos da lista podem devolver na farmácia onde comprou e pedir a troca ou a devolução do dinheiro.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.