Motociclista caído causou acidente com morto e feridos, acredita polícia

Um motociclista caído na estrada teria causado o acidente que envolveu dois ônibus e matou um homem e feriu 67 pessoas no fim da tarde da segunda-feira (22) entre as cidades de Itaporanga e Piancó, na rodovia federal BR-361, no Sertão paraibano. O motociclista tinha acabado de sofrer uma queda. Essa é a primeira linha de investigação da Polícia Civil, de acordo com a delegada que acompanha o caso, Sílvia Alencar.
A batida entre os veículos aconteceu por volta das 17h. Segundo as informações da polícia, os ônibus transportavam estudantes de cursos de nível técnico e superior para a cidade de Patos. Onze ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e duas do Corpo de Bombeiros participaram do socorro às vítimas.

“É muito cedo para falarmos sobre as causas, mas até agora o que se sabe é que tinha uma pessoa caída da estrada, que parece ter se acidentado de moto. Nesse momento vinha um comboio de quatro ônibus, sendo que o primeiro conseguiu desviar, mas o segundo não. O terceiro também desviou, só que o quarto acabou batendo na traseira do segundo”, explicou a delegada Sílvia Alencar, baseada em depoimento de ocupantes dos ônibus. Ela deve ouvir mais pessoas nesta terça-feira (23).
O homem que morreu tinha 39 anos e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Regional de Piancó. Ele era técnico de enfermagem, trabalhava no Hospital Distrital de Itaporanga e no período da noite cursava enfermagem em uma faculdade de Patos.
Feridos
Ao todo, o acidente registrou 68 vítimas, sendo um morto e 67 feridos, segundo informações oficiais das unidades de saúde que atenderam as vítimas. A diretora do Hospital Regional de Piancó, Inez Cristina, informou que 38 pessoas deram entrada na unidade, inclusive o homem que morreu. Foram feitos os primeiros atendimentos e 10 tiveram que ser encaminhados para o Hospital Regional de Patos. O restante já foi liberado.
De acordo com o diretor da unidade de saúde de Patos, José Leudo, essas 10 vítimas necessitavam de um atendimento mais especializado. "Nós acolhemos as vítimas e estabilizamos todas elas. Na manhã desta terça-feira iremos fazer uma nova avaliação e a maioria vai receber alta médica. Apenas um deve seguir na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas o estado é regular", explicou.
Conforme informações da diretora do Hospital Distrital de Itaporanga, Iara Maysa, a unidade de saúde atendeu 30 pessoas após o acidente. Ela explicou que todos tiveram apenas ferimentos leves e a maioria fez exame de raio-x, mas nenhuma lesão grave foi detectada. Todas as vítimas também já foram liberadas.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.