Mãe suspeita de matar filho na PB é transferida para presídio psiquiátrico

A mulher de 39 anos que é suspeita de matar o próprio filho de 5 anos a facadas foi transferida para o Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, em João Pessoa. Ela estava no presídio feminino de Campina Grande, no Agreste paraibano, desde a audiência de custódia, após ser autuada em flagrante pelo crime.

A informação da transferência foi confirmada pela assessoria de imprensa do Fórum Afonso Campus, em Campina Grande, na tarde desta quarta-feira (24).
A medida foi tomada depois que a Polícia Civil levantou a suspeita de que o crime teria ocorrido durante um surto psicótico sofrido pela mulher. A transferência ocorreu na segunda-feira (23)
Ainda de acordo com a assessoria do fórum, a mulher foi encaminhada ao complexo para passar por uma avaliação psiquiátrica. Se for comprovado que ela sofre de algum problema psiquiátrico, ela vai permanecer internada no complexo. Caso o contrário, a suspeita vai voltar para o presídio feminino de Campina Grande.
Segundo o delegado Antônio Lopes, durante depoimentos na delegacia, pessoas próximas à suspeita confirmaram que ela já teria sofrido outros surtos há alguns anos, mas que estava bem ultimamente. A mulher é suspeita de esfaquear o próprio filho até a morte e depois decepar o órgão genital dele. De acordo com a polícia, foram cerca de 50 golpes de faca, sendo a maioria na região do pescoço da vítima.
O crime
O menino de 5 anos foi morto em casa, na Rua Teixeira de Freitas, no bairro São José, por volta das 13h da sexta-feira (19). Segundo a Polícia Militar, a mãe estava só com o filho, no momento. O menino foi morto a facadas e teve o órgão genital decepado. A maior parte das perfurações foi feita no pescoço da criança, com uma faca do tipo peixeira. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas, ao chegar no local, já encontrou a vítima sem vida.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.