Itabaiana-SE vence jogo e elimina Raposa da Série D em cobranças de pênaltis

O Campinense enfrentou o Itabaiana-SE na noite deste domingo (21), no estádio Etelvino Mendonça, em busca da classificação às quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. A equipe paraibana, que tinha vantagem por ter vencido o jogo anterior por 2 a 0, foi derrotada pelo mesmo placar e eliminada da competição em cobranças de pênaltis, que teve o placar de 4 a 3 para os mandantes. 

O primeiro tempo foi muito truncado. A primeira chance boa do jogo foi do time da casa. Aos 10 minutos, Thiago Garça cobrou falta com força e a bola acertou a trave. A Raposa conseguiu responder aos 19 minutos. Jussimar cobrou escanteio e Rafael mandou de cabeça com perigo, mas a bola foi para fora.

As jogadas eram ‘lá e cá’. O jogo era aberto e as duas equipes conseguiam espaços para chegar ao ataque, faltando qualidade no último passe. O Itabaiana pressionava mais e o Campinense tentava contra-ataques.

Aos 20 minutos, Elyeser, do Itabaiana, chutou cruzado e o goleiro do Campinense fez grande defesa. Aos 25 e aos 30, a Raposa perdeu duas chances claras de marcar. Na primeira ocasião, Reginaldo Júnior ficou livre e Max fez grande defesa. No rebote, Jussimar pegou de primeira e perdeu um gol incrível. O segundo caso ocorreu quando Jussimar ficou na frente de Max. O goleiro fez grande defesa, mas teve rebote e João Carlos, com o gol aberto, chutou completamente errado.

A Raposa ainda teve boas chances aos 40 minutos, com Danilo embaixo da trave, e com Jussimar, aos 41, que teve um chute travado pela defesa adversária.

A vitória do Itabaiana começou a ser desenhada no início do segundo tempo. No primeiro minuto, o árbitro marcou pênalti contra o Campinense ao ver Magno colocar a mão na bola. Na cobrança, de pé esquerdo, Fabiano Tanque deslocou o goleiro Glédson e abriu o placar.

O jogo seguiu muito disputado, sobretudo no meio de campo. Aos 28 minutos, o Campinense quase empatou. Jussimar ficou livre dentro da área, dominou, girou e chutou para fora.

Aos 40 minutos, a situação da Raposa ficou ainda mais difícil. Diogo Pereira, do Itabaiana, fez cruzamento e Léo Paraíba mandou de cabeça para o fundo do gol. Com a vantagem, a equipe mandante passou a trabalhar melhor no ataque e a barrar as investidas do time paraibano.

Com o placar final, a partida foi para os pênaltis. Confira a sequência de cobranças abaixo:

Alexandro (Campinense) - Defesa

Fabiano Tanque (Itabaiana-SE) – Defesa

Jussimar (Campinense) – Gol

Sorriso (Itabaiana-SE) – Gol

Joécio (Campinense) – Gol

Thiago Garça (Itabaiana-SE) – Fora

João Carlos (Campinense) – Gol

Diogo Pereira (Itabaiana-SE) – Gol

Rafael (Campinense) – Trave

Léo Paraíba (Itabaiana-SE) – Gol

Joadson (Campinense) – Defesa

Fred (Itabaiana-SE) - Gol

Fonte:Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.