Fotógrafa inglesa volta a Paraíba para fazer documentário em Santa Rita

A fotógrafa inglesa Maureen Bisilliat decidiu voltar à Paraíba para fazer um novo trabalho. Em 1968, ela fez um ensaio fotográfico com catadoras de caranguejo na cidade de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, e agora pretende fazer um documentário sobre a história das mulheres.

Maureen Bisilliat tem 75 anos e nasceu na Inglaterra, mas é naturalizada brasileira e mora em São Paulo há quase 70 anos. "Eu comecei com 20 anos nas artes plásticas, fazendo pintura, desenho. Fui para a mobilidade física da fotografia e já faz bastante anos que trabalho com imagem em vídeo", explica.
Sobre o ensaio feito em Santa Rita, Bisilliat diz que quis mostrar a força do trabalho das paraibanas em fotos e agora vai transformar em vídeo. "Pra mim, o negócio é perceber e mostrar o vigor e a força da sobrevivência", ressaltou a profissional.
Outro trabalho que marcou a carreira da artista foi uma viagem à Amazônia, onde ela registrou a vida de índios que vivem no Xingu. Ao contrário do trabalho na Paraíba, este no Norte do Brasil foi retratado em fotos coloridas.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.