Acusado de matar esposa com facadas é condenado na Paraíba

Foi condenado na quarta-feira (17) a 19 anos e seis meses de prisão o servente de pedreiro acusado de matar a própria mulher, Germana Clara, com 13 facadas em 2014, em João Pessoa. O crime aconteceu no conjunto Vieira Diniz, no Bairro das Indústrias, na frente dos filhos da vítima, de três e cinco anos na época. Apesar da pena, Alex Barbosa dos Santos só deve cumprir 13 anos porque tem residência fixa.

Segundo informações do próprio Tribunal de Justiça, o crime aconteceu na madrugada do dia 17 de abril após uma discussão entre o casal e Alex confessou o crime, alegando que foi motivado por ciúmes após brigas geradas pelo fim do relacionamento. Ele disse que estava embriagado quando agrediu Germana com a faca, que foi escondida dentro de um guarda-roupa depois. Ele foi casado durante cinco anos com a vítima.
Em depoimento, os vizinhos relataram quer o casal havia passado a noite bebendo e que por volta das 3h30 ouviram a discussão. Após o crime, Alex fugiu para o Conde, no litoral sul da Paraíba, mas foi preso menos de 24 horas depois.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.