Vídeos mostram detalhes da explosão em caixa eletrônico na PB

Os detalhes da explosão no posto de autoatendimento da Caixa Econômica Federal em um shopping no bairro do Bessa, em João Pessoa, foram registrados por moradores assustados com o que estava acontecendo, na madrugada deste sábado (23). De acordo com os vídeos, os assaltantes bloquearam os acessos ao shopping e quem se aproximava era rendido e mantido como refém.
De acordo com as imagens, os assaltantes barraram todos os veículos que chegavam ao local, faziam as vítimas descerem e utilizavam os carros para bloquear a rotatória que dá acesso ao local do crime. “Para, para, desce do carro, desce do carro”, ordenavam. Um dos motoristas deu ré no veículo e o assaltante efetuou dois disparos em direção ao carro.
Nos vídeos, outro veículo se aproxima e um dos assaltantes diz: “dou na cara, desce do carro”. Em seguida. quatro pessoas que estavam dentro do carro desceram e sentaram na calçada junto com as outras vítimas. O carro também foi levado pelo assaltante para obstruir a rotatória.

Enquanto isso, outros quatro suspeitos explodiam o posto de autoatendimento. As câmeras de segurança do shopping mostram as explosões e os suspeitos saindo com os malotes. Com o impacto da explosão, um dos caixas eletrônicos foi parar na calçada do shopping. Eles usaram lanternas na cabeça para poder enxergar no meio da fumaça.
Um porteiro também foi feito de refém pelo grupo. De acordo com um morador que não quis se identificar, foram vários tiros disparados pelos assaltantes e um deles atingiu um transformador de energia elétrica.
Na manhã deste sábado (23), os comerciantes do shopping foram até o local contabilizar os prejuízos. Uma lanchonete foi atingida pela explosão e sofreu vários danos.
A Polícia Federal fez perícia em dois carros sem placas que foram abandonados no bairro de Renascer, em Cabedelo. De acordo com a Polícia Militar, o local é o mesmo onde os assaltantes abandonaram os veículos da ação no Banco do Brasil, que aconteceu em junho, no mesmo shopping no bairro do Bessa. Com este caso, já são 61 crimes contra agências bancárias no Estado este ano, segundo o Sindicato dos Bancários da Paraíba.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.