Suspeito é preso por homicídio 16 anos após o crime no Sertão da PB

Um homem de 54 anos suspeito de ter cometido um homicídio há 16 anos na cidade de Passagem, no Sertão paraibano, foi preso na tarde desta quarta-feira (6), na cidade de Patos, na mesma região. Segundo a Polícia Civil, ele havia fugido da Paraíba depois do crime e a suspeita é de que ele estava morando no Rio de Janeiro. O homem foi encontrado após uma denúncia anônima.

De acordo com o delegado seccional da Polícia Civil, em Patos, Sílvio Rabelo, o suspeito havia desembarcado em Patos durante o período junino e estava na casa de familiares, no bairro Belo Horizonte.
“Esse homem chegou à Paraíba e nós recebemos uma denúncia anônima informando que ele era investigado por um homicídio. Fomos em busca do processo e descobrimos que já havia um mandado de prisão expedido pela Justiça contra ele”, disse o delegado.
Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu no Carnaval do ano de 2001. A investigação aponta que vítima e suspeito tiveram um desentendimento e o homem matou o jovem de 26 anos, na época, a facadas. Logo após o crime, o suspeito teria fugido do estado. O delegado disse que a prisão surpreendeu o homem e destacou a importância do disque denúncia da Polícia Civil.
“Esse homem foi preso após 16 anos do homicídio. Se completassem os 20 anos, o crime iria prescrever. É importante destacar que o principal fator que resultou nessa prisão foi a denúncia feita através do disque 197 da Polícia Civil. Sem essa informação, talvez o homem continuasse em liberdade, sem responder pelo crime que é suspeito”, disse ele.
Ainda na noite desta quarta-feira (6), o suspeito de 54 anos foi encaminhado para o presídio Romero Nóbrega, em Patos.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.