PT acata determinação nacional e analisa alianças caso a caso na PB

A direção estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba decidiu nesta quinta-feira (21) acatar uma determinação da direção nacional do partido para que as alianças políticas nos municípios do estado devem ser analisadas caso a caso. A decisão foi divulgada por meio de uma nota de esclarecimento. Segundo o documento, a determinação da Direção Nacional do PT (DNPT) foi feita após a executiva estadual aprovar, na segunda-feira (18) uma resolução que desautorizava as alianças do PT na Paraíba com os partidos que apoiam o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

De acordo com a nota divulgada nesta quinta-feira, a análise, avaliação e deliberação das alianças deve ser feita na reunião da executiva estadual, prevista para aconter na segunda-feira (25). A direção estadual explica que o DNPT emitiu um ofício explicando que a deliberação tomada pela executiva na segunda-feira “discorda da decisão do Diretório Nacional” sobre a tática eleitoral e a política de alianças nos municípios para as eleições de 2016.
Ainda segundo a direção, a resolução aprovada pela executiva explica que a avaliação das coligações e da tática eleitoral nos municípios deve ser remetida para a direção estadual antes do registro junto a Justiça Eleitoral, em especial nas cidades com menos de 100 mil eleitores.
Veto
De acordo com a presidente do PT na Paraíba, Giucélia Figueiredo, a resolução da executiva estadual do partido foi aprovada por unanimidade na segunda-feira, durante uma reunião na sede do partido em João Pessoa. Segundo o documento, ficaria vetada as coligações com o PSDB, DEM, PPS, Solidariedade, PMDB, PP, PTB, PSC, PSD e PRB nas eleições municipais de 2016.
A resolução também orienta aos diretórios e comissões provisórias que busquem apoio e alianças dentro do campo programático que prioriza os partidos do “Campo Democrático e Popular”, que, de acordo com o documento, são o PDT, PSB e PC do B, além de outros que não apoiam o impeachment da presidente afastada.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.