Polícia prende motorista que oferecia trabalho nas redes sociais e estuprava mulheres

Um motorista de aproximadamente 30 anos foi preso na noite dessa quarta-feira (28), no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, suspeito de estupros. Ele oferecia emprego nas redes sociais para atrair vítimas. Três vítimas já reconheceram o suspeito. O homem confessou os crimes.

De acordo com a delegada Hertha França, titular da Delegacia da Mulher de Campina Grande, o suspeito estava sendo investigado há três meses quando uma jovem denunciou que tinha sido estuprada por um homem, que oferecia emprego nas redes sociais.

“Quando as vítimas chegavam ao local do suposto trabalho, eram abordadas pelo suspeito, levadas para um matagal, e segundo as vítimas, eram estupradas. O homem confessou a autoria dos estupros. Ele foi preso por força de mandado de prisão preventiva. Três vítimas já o reconheceram, mas acreditamos que outras possam aparecer após a divulgação da imagem.

O homem foi levado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. O suspeito vai ser apresentado na audiência de custódia nesta quinta-feira (28).

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.