Empresário da PB é procurado pela PF e poderá se tornar foragido internacional

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) divulgou nesta segunda-feira (11) que o empresário campinense Antônio José Sarmento Toledo foi condenado pela Justiça Federal, em sentença transitado em julgado, a uma pena de três anos e seis meses de prisão, em razão da prática do crime de apropriação indébita previdenciária (artigo 168-A, do Código Penal).

O MPF informou que divulgou a identificação do empresário após tentativas de localiza-lo, desde 2014. Segundo o MPF, ele teria conhecimento de que deverá ser preso porque os advogados impetraram dois habeas corpus, que não foram aceitos pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Ainda conforme o MPF, são adotadas medidas para efetuar a prisão de Antônio José Sarmento Toledo, dentre elas a propagação do mandado de prisão entre as unidades da Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), especialmente aquelas que exercem atribuição de imigração/emigração. A divulgação ocorre ainda entre as companhias aéreas nacionais; adoção das providências necessárias à inclusão do nome dele na rede de difusão vermelha da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), quando passará a ser considerado foragido internacional.

"Caso algum cidadão tenha informações sobre o paradeiro do empresário, poderá entrar em contato com a Polícia Federal e/ou Ministério Público Federal (MPF), sendo absolutamente preservada a sua identidade", divulgou o MPF.

Fonte:Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.