'Emocionante', diz Daniela Mercury sobre show que vai apresentar na PB

A cantora baiana Daniela Mercury vai apresentar o show “A Voz e O Violão” em João Pessoa no dia 9 de julho e já adianta ao público: “o show é muito emocionante. As pessoas choram, riem, se emocionam”, disse em entrevista ao G1. Segundo Daniela, o show conta com sucessos do axé, do samba reggae e da MPB, mas também tem uma pitada de humor. “Tem o lado engraçado, divertido, porque eu conto histórias engraçadas da minha vida, o meu olhar sobre o Brasil nesses 30 anos. Tem um lado stand-up”, revelou.
A apresentação vai acontecer às 21h no Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa. Os ingressos são vendidos a R$ 100 (plateia A, inteira) e R$ 80 (plateia B, inteira) e podem ser adquiridos através do site Ingresso Rápido ou na sede da produtora Casa de Taipa, em Manaíra, sempre de segunda a sexta, das 14h às 18h. A Paraíba é o quarto estado nordestino a receber o show.

Apesar do show ser intitulado “A Voz e O Violão” e de Daniela ter apenas a companhia do violão de Alexandre Vargas no palco, a cantora garante que a noite vai ser animada. “Não tem banquinho. Eu danço e me movimento desde o começo. Malu [Verçosa] brinca que parece que tem uma banda inteira no palco. É um show muito vibrante, emocionante e não é calmo. São em torno de duas horas de show e mesmo assim o público pede bis”, lembrou a cantora.
Para ela, um show nesse formato é uma oportunidade para o público curtir as canções com maior atenção às letras. “O que as pessoas têm falado é que nunca tinham prestado atenção nas letras. Ao contrário do rock, que reclama, as canções do axé são para o povo excluído social, cultural e racialmente se dizer importante, celebrar a si mesmo”, comentou Daniela.
Daniela contou que, além de músicas autorais, ela vai interpretar canções como “Cálice”, “Deus Lhe Pague”, de Chico Buarque, “Noturno”, de Fagner, “Super Homem”, de Gilberto Gil, “Como Nossos Pais”, de Elis Regina, “Requebra”, ‘Jeito Faceiro” e “Canto ao Pescador”, do Olodum, e “Suíte do Pescador” e “Retirantes”, de Dorival Caymmi.

Filhas paraibanas
As filhas de Daniela são paraibanas e ela explicou que faz questão de falar do estado para valorizar a origem delas. “Eu comento constantemente. Falo do forró, do São João, mostro a geografia, a beleza, as praias, a cultura”, disse a cantora.
Marcia hoje está com 18 anos, Ana Alice com 14 e Ana Izabel com 6 anos. “Ana Izabel veio para cá com 1 ano e meio, então ela não tem uma noção muito clara da história dela. Mas as outras vieram adolescentes e sabem da vida que tinham na Paraíba e já tinham sido afetadas pela própria cultura”, lembrou.

A cantora, que é embaixadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil, comentou que no Instituto Sol da Liberdade, projeto idealizado por ela, esse assunto é muito enfatizado. “No Sol da Liberdade, que já ajudou mais de 80 mil crianças de Norte a Sul, o primeiro assunto no laboratório de arte é a origem. Se você conhece a sua origem e a cultura da sua cidade”, garantiu.
Aniversário
Daniela faz aniversário no dia 28 de julho e garantiu que vai comemorar a data em João Pessoa. “Marquei com eles [os fãs] porque é uma forma da gente se conhecer. Estou organizando onde a gente vai se encontrar. Então quem quiser estar comigo, a gente vai se reunir além da intimidade do próprio show”, disse.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.