Conheça Dom Genival, nomeado administrador da Arquidiocese da PB

O novo administrador da Arquidiocese da Paraíba, Dom Genival Saraiva de França, já ocupou o mesmo cargo na Diocese de Campina Grande há 15 anos, no período entre os bispados de Dom Manuel Pereira da Costa e Dom Luís Gonzaga Fernandes. Ele assume a gestão da Arquidiocese depois que o pedido de renúncia de Dom Aldo Pagotto foi aceito pelo Papa Francisco e anunciado nesta quarta-feira (7). Dom Genival só deve se apresentar na Paraíba na sexta-feira (8).

"Por essa circustância, chama-me a Igrjea para exercer esta função, que na verdade é temporária. Não posso especificar exatamente o tempo, mas apenas tenho eu que preparar o povo de Deus na Arquiodiocese da Paraíba para receber o novo arcebispo, que será nomeado, esperamos, o mais breve possível", disse em entrevista por telefone na manhã desta quarta-feira.
Paraibano da cidade de Alcantil, Dom Genival tem 78 anos, é padre há 51 anos e bispo há 16, de acordo com informações da Comissão Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
Além da formação em teologia e filosofia, obrigatórios para a ordenação, o bispo emérito também tem mestrado em Pedagogia e chegou a ser professor na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ainda na década de 1980, autou como apresentador de programas em rádios de Campina Grande.
Ordenado bispo em julho de 2000, ele assumiu em outubro do mesmo ano a Diocese de Palmares, em Pernambuco, de onde se afastou há três anos, quando completou 75 anos. Além de bispo de Palmares, foi também secretário e presidente do regional Nordeste 2 da CNBB, que inclui os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Atualmente, faz parte da Comissão Especial para os Bispos Eméritos da CNBB.
Administrador se apresenta em carta
Em sua carta de apresentação, Dom Genival começa lembrando que "a Igreja é o povo de Deus e a 'Diocese é uma porção do povo de Deus confiada a um Bispo para que a pastoreie em cooperação com o presbitério'".
"Com esta comunicação, desejo afirmar a todos que chegarei, brevemente, com a disposição de servir. Em Jesus, encontramos o melhor exemplo de serviço. Além do espírito eclesial, que todos nós devemos cultivar, em mim a motivação para servir à Arquidiocese da Paraíba tem uma linguagem afetiva, pelo fato de ser paraibano e de ter residido na cidade de João Pessoa, durante oito anos, como aluno do Seminário Imaculada Conceição", diz.
Sobre o agora bispo emérito Dom Aldo, Dom Genival faz um agradecimento em sua carta e destaca que "a renúncia ao governo diocesano não é demérito para nenhum Bispo, por ter completado 75 anos, como no meu caso, ou em razão de enfermidade, como no seu caso". "Os Bispos eméritos continuam servindo à Igreja, de muitas maneiras", destaca.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.