Confira opções de lazer em Campina Grande durante as férias

Algumas opções de diversão com preços acessíveis estão à disposição dos moradores de Campina Grande e região durante as férias de julho. A cidade tem museu com três exposições e passeio de bicicleta às margens de um dos principais cartões postais, vila de artesanato, turismo rural e a opção de parque.
'Museu dos Três Pandeiros'
O Museu de Arte Popular da Paraíba, mais conhecido como Museu dos Três Pandeiros, fica na Rua Dr. Severino Cruz, no Centro, às margens do Açude Velho, e é aberto de terça a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados e domingos, das 14h às 18h. Atualmente, o local está com três exposições com diferentes temas. A administração do local é por conta da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e foi a última obra do arquiteto Oscar Niemeyer.
O local é dividido em três espaços. Em um deles estão expostas várias peças de artesãos paraibanos; em outro, é feita uma homenagem à cantora pernambucana Marinês, que morou a vida inteira em Campina Grande; e na terceira é possível conferir a exposição do cordelista Leandro Gomes de Barros. A entrada é gratuita, mas a organização entrega um cordel de presente e pede uma ajuda de custo.

No principal ponto turístico de Campina Grande, o Açude Velho, existe a opção de locação de bicicletas diferentes. O projeto se chama LocaBike e oferece veículos individuais, duplo, triplo e família, que leva dois adultos e duas crianças. O preço varia de R$ 15 a R$ 30 por 30 minutos.
As bicicletas ficam à disposição de terça a sexta-feira das 16h às 20h e nos sábados, domingos e feriados das 8h às 20. Também há opção de locação em grupo, acima de 20 pessoas O telefone de contato é (83) 99803-8863.
Parque da Criança
Localizado na Avenida Dr. Elpídio de Almeida, o Parque da Criança é administrado pela prefeitura de Campina Grande. No local há quadras de tênis, basquete, vôlei, campo de areia, pistas de corrida, bicicross e de skate, além de equipamentos de academia.
Ainda há a opção de aulas de dança em uma tenda e quiosques já montados para grupos que desejam fazer um piquenique. A entrada é gratuita, mas é proibido levar animais e bicicletas para adultos.

Aberta o ano inteiro e não apenas durante o mês de junho, a Vila do Artesão, na Avenida Almeida Barreto, bairro São José, funciona de segunda a sábado, das 10h às 18h, com entrada gratuita. São 77 chalés com exposições de 300 artesãos. Os visitantes ainda têm opção de quatro restaurantes e lanchonetes que funcionam no local.
De acordo com o coordenador do local, Erasmo Rafael, a vila está com uma exposição de mais de 30 peças do artista caruaruense Manuel Galdino de Freitas, conhecido como Mestre Galdino. Os turistas ainda podem conferir as réplicas de uma bodega e igreja, casas de taipa e uma difusora com programação interna.
Turismo Rural
No Distrito de Galante, que fica a 18km do Centro de Campina Grande, as pessoas têm a opção de um café da manhã rústico na Casa do Cumpade, localizado na Fazenda Olho D'água, aos domingos. O valor é de R$ 30 por pessoa com buffet aberto das 8h às 11h e mais de 60 opções de comida e trios pé-de-serra.
O visual da fazenda lembra uma pequena vila do interior com réplicas de capelas e bodegas. A entrada é gratuita. Também há a opção de passeio de charrete e trilhas com valor acertado no local.

Fonte G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.