Bando finge ser da polícia e mata homem em CG; caso é o 2º em apenas 24 horas

Um homem de 30 anos foi assassinado a tiros por um grupo que fingiu ser policiais, na noite dessa quarta-feira (6), em uma casa no bairro Nova Floresta, em Campina Grande. Uma irmã dele também foi baleada.

Segundo a Polícia Militar, pelo menos cinco criminosos fortemente armados cercaram a casa e chamaram pela vítima, afirmando serem policiais. Conforme relatos da irmã da vítima, os homens ameaçaram matar quem reagisse àquela abordagem. Depois disso, o homem foi executado com vários tiros e a irmã dele acabou atingida por um disparo na mão. Ela foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Hospital de Emergência e Trauma da cidade.

No local do crime, policiais militares encontraram cápsulas de armas de calibres .40, 98, 380, 44 e 9 milímetros. Até a publicação desta matéria, a polícia ainda não tinha pistas sobre o paradeiro dos suspeitos.

Segunda vítima

Este é o segundo caso de pessoa assassinada por quem se diz policial em apenas 24 horas, em Campina Grande. No fim da noite da terça-feira (5), um homem foi morto a tiros no bairro José Pinheiro. Segundo a delegada Maíra Roberta, a vítima recolhia materiais que usava para vender sanduíches na casa do cunhado quando um homem se aproximou gritando “polícia, polícia” e efetuou os disparos. O autor desse crime também não foi identificado.

Fonte:Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.