Ato público deixa trânsito lento no Centro de João Pessoa

Um protesto dos aprovados no concurso público da Polícia Militar e Bombeiros Militar da Paraíba está acontecendo na manhã desta sexta-feira (15), no Centro de João Pessoa e provocando trânsito intenso na região. Segundo a Superintendência de Mobilidade Urbana (semob), por volta das 10h30, o grupo promovia ato público no Parque Solon de Lucena e o trânsito estava sendo desviado pela avenida Eurípedes Tavares.

Os manifestantes reivindicam a convocação de 600 aprovados no concurso. Segundo a organização, cerca de 100 pessoas já se encontram no ponto de concentração, que é em frente a uma loja de departamentos. O protesto organizado através das redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas espera contar com mais de 300 pessoas. Os manifestantes pretendem seguir em passeata rumo ao Palácio do Governo, na Praça dos Três Poderes.
De acordo com Erikson Guedes, um dos organizadores do protesto, o protesto é para uma melhor segurança no estado e não tem qualquer motivação político-partidária. "Nosso protesto não é contra o Governo, o nosso protesto é para o bem do estado, do empregos dos concursados, da segurança pública e da sociedade. Não estamos protestando apenas para um grupo de pessoas que passou num concurso, o nosso grito é da coletividade e da população paraibana", disse o organizador.
O prazo de validade do concurso foi dilatado em mais um ano em dezembro de 2015 e, na época, o governador Ricardo Coutinho disse que cerca de 1.560 candidatos podem ser chamados dentro do novo prazo.
Os manifestantes estão realizando intervenções no trânsito, prendendo o fluxo nas vias e momentos depois liberando os acessos. Erikson adiantou que o 'pedágio' é momentâneo, pois os manifestantes não querem reprimir "o direito constituicional de ir e vir da população". Conforme a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) o "trânsito se encontra intenso e lento no local".
Ações coletivas junto ao Ministério Público Federal estão sendo organizadas pelos concursados. "As ações ainda estão sendo protocoladas, e em breve teremos documentos formais sobre o direito de nossas convocações", afirmou o organizador.

Fonte G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.