Abertas inscrições para 120 vagas em curso técnico gratuito em Agronegócio

Ficam abertas até o dia 26 de julho as inscrições para o Curso Técnico em Agronegócio oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Na Paraíba, são ofertadas 120 vagas, para pólos de João Pessoa, Campina Grande e Alagoa Grande. O curso tem duração de dois anos e é gratuito.

Acesse o edital e saiba mais sobre o processo seletivo.

Podem concorrer às vagas pessoas com Ensino Médio completo e que tenham interesse em trabalhar na área de gerenciamento de produção agropecuária. De acordo com o superintendente do Senar na Paraíba, Sérgio Martins, quem concluir o curso estará apto a produzir alimento de boa qualidade e com rentabilidade.

Após realizar a inscrição no site do Senar, os candidatos devem agendar uma prova escrita, com questões de língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais, além de uma proposta de redação. A aplicação das provas acontece até o dia 29 de julho. No dia 1º de agosto, o gabarito das questões objetivas estará disponível na internet.

As matrículas dos candidatos selecionados acontecerão entre os dias 4 e 9 de agosto e aulas relativas ao curso técnico terão início no dia 10 do mesmo mês.

O que faz um técnico em agronegócio

O principal desafio desse tipo de profissional é aumentar a eficiência do mercado agrícola e industrial. Por meio de técnicas de gestão e de comercialização, o técnico em agronegócio atua na execução de procedimentos para planejar e auxiliar na organização e controle das atividades de gestão do negócio rural.

Diferente do técnico agrícola, que trabalha focado na produção, o técnico em agronegócio é voltado à gestão das empresas agrícolas. Mas, sua atuação não se limita aos processos internos de uma fazenda, pode trabalhar em empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, revendas, consultorias e em empresas de fomento.

Além de identificar os segmentos das cadeias produtivas do setor agropecuários e avaliar os custos de produção e aspectos econômicos para a comercialização de novos produtos e serviços, esse especialista pode idealizar ações de marketing aplicadas ao agronegócio.

O técnico em agronegócio também é responsável por executar ações sociais e ambientais visando à sustentabilidade dos negócios rurais. Ele é ainda um agente de transformação que atua como parceiro do produtor rural, utilizando técnicas inovadoras e sustentáveis, na conquista pela produtividade e lucratividade, com visão empreendedora para a melhoria da qualidade de vida do meio rural.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.