Os deputados federais da Paraíba enxugaram os gastos da verba indenizatória nesse primeiro semestre em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com levantamento feito pelo jornal Correio da Paraíba no site da Câmara Federal, janeiro até ontem, os 12 parlamentares paraibanos gastaram, juntos, R$ 1.875.472,68. Nos primeiros seis meses de 2015, o valor total desses gastos foi de R$ 2.171.438,05, uma diferença de R$ 295.965,37. Leia mais notícias de Política do Portal Correio Significa que, este ano, cada deputado gastou, em média, R$ 312.578,78 por mês gastos no chamado “cotão”, que são recursos utilizados com locação de imóvel, combustível, manutenção de veículos, locação e fretamento de veículos, entre outros. O deputado Rômulo Gouveia (PSD) foi o campeão no uso do dinheiro público. Ele utilizou R$ 239.809. Depois de Rômulo, os mais “gastões” foram Veneziano Vital do Rêgo, do PMDB, com gastos de R$ 221.749,94, seguido por Benjamin Maranhão, do SD, (R$ 205.332,21). Juntos, os três gastaram o montante de R$ 666.891,25, o que dá uma média de R$ 111.148,542 por mês (janeiro a junho). Levantamento dos gastos Pedro Cunha Lima (PSDB) gastou apenas R$ 41.451,7. Porém, vale lembrar que o parlamentar se afastou da Câmara Federal durante os meses de janeiro e fevereiro, para concluir o mestrado, e por isso não houve declaração de gastos. Wellington Roberto (PR), que está integrando a Comissão do Conselho de Ética formada para julgar o pedido de cassação de Eduardo Cunha (PMDB) teve despesas que totalizaram R$ 67.662,62. A cota para exercício de atividade parlamentar dos deputados federais varia conforme o estado de origem do parlamentar e é destinada também para gastos com passagem aérea, telefonemas e serviços postais.

Os deputados federais da Paraíba enxugaram os gastos da verba indenizatória nesse primeiro semestre em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com levantamento feito pelo jornal Correio da Paraíba no site da Câmara Federal, janeiro até ontem, os 12 parlamentares paraibanos gastaram, juntos, R$ 1.875.472,68. Nos primeiros seis meses de 2015, o valor total desses gastos foi de R$ 2.171.438,05, uma diferença de R$ 295.965,37.

Significa que, este ano, cada deputado gastou, em média, R$ 312.578,78 por mês gastos no chamado “cotão”, que são recursos utilizados com locação de imóvel, combustível, manutenção de veículos, locação e fretamento de veículos, entre outros.

O deputado Rômulo Gouveia (PSD) foi o campeão no uso do dinheiro público. Ele utilizou R$ 239.809. Depois de Rômulo, os mais “gastões” foram Veneziano Vital do Rêgo, do PMDB, com gastos de R$ 221.749,94, seguido por Benjamin Maranhão, do SD, (R$ 205.332,21). Juntos, os três gastaram o montante de R$ 666.891,25, o que dá uma média de R$ 111.148,542 por mês (janeiro a junho).

Levantamento dos gastos 
Pedro Cunha Lima (PSDB) gastou apenas R$ 41.451,7. Porém, vale lembrar que o parlamentar se afastou da Câmara Federal durante os meses de janeiro e fevereiro, para concluir o mestrado, e por isso não houve declaração de gastos.

Wellington Roberto (PR), que está integrando a Comissão do Conselho de Ética formada para julgar o pedido de cassação de Eduardo Cunha (PMDB) teve despesas que totalizaram R$ 67.662,62.

A cota para exercício de atividade parlamentar dos deputados federais varia conforme o estado de origem do parlamentar e é destinada também para gastos com passagem aérea, telefonemas e serviços postais.



Fonte:Portal Correio
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.