Artistas de rua garantem renda extra no São João de Campina Grande

Durante o Maior São João do Mundo, em Campina Grande, além dos shows musicais, o Parque do Povo, vira palco também para artistas de rua, atrações que não são contratadas pela organização do evento, mas que tornam a festa ainda mais interessante.
Vários artistas aproveitam a ocasião para exibirem os seus talentos e no final da noite arrecadar alguma quantia em dinheiro. Quem percorre o local da festa e se depara com esses artistas acaba parando pra ver as apresentações e geralmente dá uma contribuição financeira a eles.

O peruano Davis Icomena, 27 anos, faz apresentações como escultura viva há 10 anos, ele contou que aprendeu com um amigo peruano. Essa é a primeira vez dele no Maior São João do Mundo. “Eu cheguei em Campina Grande no dia 16 de junho, especialmente para participar do São João. Eu vivo dessa arte então vim aproveitar o evento pra conseguir uma renda”. Davis investe em figurino e maquiagem e usa uma placa que diz: “Escultura viva, para que se mova deposite uma moeda”.
A estudante campinense, Camila Maciel, 22, interagiu com  Davis e ficou entusiasmada com o trabalho do artista. “Nossa eu achei muito legal, é um trabalho muito difícil, ele consegue ficar parado como uma escultura mesmo e quando se mexe é mais interessante ainda, vale muito a pena recompensá-lo”, disse ela.

Outra atração que tem feito bastante sucesso no Parque do Povo é a “Família Pé-de-Serra”, Neide Francisca, 37 anos, e seus três filhos, Vitória Nascimento, 6 anos, Valber Nascimento, 12 anos, e Valbeane, 17 anos, são de Lagoa Salgada, no Rio Grande do Norte, e estão em Campina Grande pela segunda vez fazendo apresentações no Maior São João do Mundo ao som do triângulo, da zabumba e da sanfona. Eles se revezam entre vocais e instrumentos.
“Chegamos em Campina Grande no começo do mês de junho e vamos ficar até o fim do evento, viemos mostrar nosso trabalho e conseguir uma renda. Tocamos o ano inteiro, mas nessa época as coisas melhoram”, disse Neide.  Além de uma caixa onde o público pode colaborar com quantias em dinheiro, eles também vendem o seu próprio CD que custa R$ 5,00.

Fonte:G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.